A Paisagem na Geografia Física Integrada: Impressões Iniciais Sobre sua Pesquisa no Brasil entre 2006 e 2016

Autores

  • Carlos Eduardo das Neves Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Ciências e Tecnologia da , Campus de Presidente Prudente
  • Eduardo Salinas Universidade de la Havana (Cuba) Universidade Federal de Grande Dourados

DOI:

https://doi.org/10.11606/rdg.v0ispe.132757

Palavras-chave:

Ambiente, Sociedade ↔ Natureza, Bacia Hidrográfica, Geossistema, Escala Local.

Resumo

Discute-se de forma contundente nesse século XXI as trajetórias e tendências da Geografia Física Integradora ou Complexa, possibilitando uma avaliação do seu potencial ao estudo de diversas temáticas, com destaque à fragmentação, qualidade e transformação da paisagem, que encontra-se potencialmente degradada pela apropriação inadequada dos recursos e da relação contraditória entre sociedade ↔ natureza. Assim, realiza-se um estudo bibliométrico para reconhecer um primeiro panorama dessa pesquisa desenvolvida pela Geografia brasileira, entre 2006 e 2016, permitindo pensar as trajetórias e tendências do conceito de paisagem. Para isso, coletou-se a produção sobre a temática publicada em 23 periódicos nacionais, os quais foram recuperados de acordo com o estrato do Qualis Capes Periódicos. Buscou-se entender a relevância da paisagem e do seu uso de forma integradora, bem como suas escalas e unidades de análise. Demonstra-se, ainda, a sua relação com o geossistema, entendido como conceito integrador da relação sociedade ↔ natureza. A partir dos resultados, frisa-se o uso da paisagem predominante ligado às pesquisas ambientais, com forte vínculo à escala local, à bacia hidrográfica e à cartografia de distintos complexos paisagísticos. Avista-se, também, a importância da relação entre a paisagem e o geossistema enquanto subsídio ao diagnóstico e prognóstico ambiental. Portanto, o estudo proposto permite uma análise crítica da prática investigativa geográfica, auxiliando na valorização da geodiversidade e do patrimônio natural brasileiro, pois visualiza-se a sociedade ↔ natureza enquanto um par dialético. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo das Neves, Universidade Estadual Paulista (UNESP). Faculdade de Ciências e Tecnologia da , Campus de Presidente Prudente

Cursa o doutorado em Geografia na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Campus de Presidente Prudente) (2015-atual), sendo bolsista FAPESP. É mestre em Geografia da Universidade Estadual de Londrina/PR - UEL com bolsa CAPES (2013-2015), onde foi integrante do Laboratório de Pesquisa em Geografia Física e membro do grupo de pesquisa, cadastrado no CNPq, Interações Socioambientais: dinâmicas e impactos (UEL). Possui bacharel (2012) e licenciatura (2011) plena em Geografia pela instituição supracitada. Foi bolsista de iniciação científica entre 2009 a 2011. Foi estagiário do Instituto Agronômico do Paraná - IAPAR entre 2012 e 2013 com bolsa modalidade ATP/A cedida pelo CNPq. Foi colaborador e bolsista do Programa de Educação Tutorial - PET - MECSESu, entre 2011 e 2012. Realiza pesquisas na área da Geografia Física e com as temáticas: Epistemologia da Geografia, Teoria e Método, Pesquisa Bibliométrica, Geossistema, Bacia Hidrográfica, Uso e Cobertura da Terra, Mapeamento de Paisagem e Ambiente.

Eduardo Salinas, Universidade de la Havana (Cuba) Universidade Federal de Grande Dourados

Possui especialização em Especialidad Ecological Approaches to Resources De pela Technische Universität Dresden (1986) , mestrado em Gestión Turística para el Desarrollo Local y Regio pela Universitat de Barcelona (2004) e doutorado em GEOGRAFIA pela Universidade de Havana (1991) . Atualmente é Professor Titular da Universidad de La Habana, Profesor de postgrado da Universidad de Buenos Aires, profesor de la Pós-Graduação en Geografía Fís da Universidade de São Paulo, Profesor del Master Oficial en Gestión y Pla da Universitat de Girona, profesor en el Master Oficial en Dirección y da Universidad de Alicante, Membro de corpo editorial da Annals of Tourism Research en español, Membro de corpo editorial da Cuadernos Geograficos Universidad de Granada España, Membro de corpo editorial da Revista de Geografia de la USP, Membro de corpo editorial da Revista Instituto Florestal de Sao Paulo, Membro de corpo editorial da Ciencias de la Tierra y el Espacio La Habana Cuba, Membro de corpo editorial do Percurso da UniCuritiba, Membro de corpo editorial da Cuadernos de Vivienda y Urbanismo Universidad Javeriana de, Revisor de periódico da Proyección Instituto CIFOT Universidad de Cuyo, Revisor de periódico da Cuadernos de Geografía Universidad Nacional de Colombia, Revisor de periódico da Investigación Ambiental Ciencia y Política Mexico, Revisor de periódico da Geofocus (Madrid), Revisor de periódico da Investigaciones Marinas Universidad de La Habana, Revisor de periódico da Journal of Latin American Geography, Revisor de periódico do Turismo y Sociedad Colombia, Revisor de periódico da Ciudad y Territorio, Estudios Territoriales, Revisor de periódico da Rosa dos Ventos, Revisor de periódico da Anales de Geografía de la Universidad Complutense, Revisor de periódico da Élisée - Revista de Geografia da UEG e Revisor de periódico da Quehacer Científico en Chiapas. Atualmente é professor visitante na Universidade Federal de Grande Dourados.

Downloads

Publicado

2017-06-27

Como Citar

Neves, C. E. das, & Salinas, E. (2017). A Paisagem na Geografia Física Integrada: Impressões Iniciais Sobre sua Pesquisa no Brasil entre 2006 e 2016. Revista Do Departamento De Geografia, (spe), 124-137. https://doi.org/10.11606/rdg.v0ispe.132757

Edição

Seção

Artigos