BIOGÊNESE DO SOLO

Autores

  • Andreas Attila de Wolinsk Miklós

DOI:

https://doi.org/10.7154/RDG.2012.0112.0011

Palavras-chave:

Biogênese do solo, biodiversidade, bioturbação, funcionamento biodinâmico, fenomenologia goethiana

Resumo

O trabalho foca a dinâmica do solo sob a ação dos seres vivos na paisagem tropical. Apresenta-se a biodiversidade de todos os organismos que afetam o solo e destacam-se os impactos dos principais agentes da biogênese do solo em função da importância das densidades populacionais, das biomassas envolvidas e das ações transformadoras do meio: minhocas, térmitas, formigas e raízes de plantas são os principais atores. Ênfase especial é dada à biogênese de Latossolos e da organização espacial de stone-lines pela ação de cupins e formigas. Subsequentemente, é descrita a relação entre a biodiversidade e a renovação das terras; elemento tão essencial à vida, quanto água, ar, luz e calor. E, fechando o tema, uma síntese fenomenológica goethiana é estabelecida, propondo um funcionamento biodinâmico global da paisagem intertropical: a polaridade associação “versus” dissociação como fenômeno vital global, envolvendo a ação da água e dos seres vivos sobre o reino mineral em superfície e profundidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-27

Como Citar

Miklós, A. A. de W. (2012). BIOGÊNESE DO SOLO. Revista Do Departamento De Geografia, 190-229. https://doi.org/10.7154/RDG.2012.0112.0011

Edição

Seção

Artigos