[1]
F. Asensi e R. Pinheiro, “JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE E DIÁLOGO INSTITUCIONAL: A EXPERIÊNCIA DE LAGES (SC)”, R. Dir. sanit., vol. 17, nº 2, p. 48-65, out. 2016.