[1]
H. N. de Araújo e E. C. de A. Bussinguer, “Princípio constitucional da eficiência e as políticas públicas de monitoramento do Aedes aegypti do Ministério da Saúde: desestímulo à busca de soluções mais eficazes”, R. Dir. sanit., vol. 20, nº 3, p. 92-113, dez. 2020.