A “querela dos métodos” de alfabetização no Brasil: contribuições para metodizar o debate

Autores

  • Maria do Rosário Longo Mortatti Associação Brasileira de Alfabetização – ABAlf);

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1980-7686.v8i1p74-98

Palavras-chave:

Hstória da alfabetização, Métodos de alfabetização, Método fônico.

Resumo

Com o objetivo de contribuir para o debate em torno dos métodos de alfabetização no Brasil e como resultado de pesquisa documental sobre o tema, é apresentada e problematizada uma das mais recentes propostas para alfabetização de crianças, a centrada no método fônico. São apresentadas as principais características dessa proposta recente assim como os principais equívocos nela contidos, inter-relacionando-a com as demais propostas e métodos de alfabetização apresentadas ao longo da história do ensino inicial de leitura e escrita no Brasil, desde o final do século XIX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria do Rosário Longo Mortatti, Associação Brasileira de Alfabetização – ABAlf);

Full Professor; President of Brazilian Literacy Association (Associação Brasileira de Alfabetização – ABAlf); Coordinator of the Research Group “History of the Instruction of Reading and Writing in Brazil”

Downloads

Publicado

2014-06-29

Como Citar

Mortatti, M. do R. L. (2014). A “querela dos métodos” de alfabetização no Brasil: contribuições para metodizar o debate. Acolhendo a Alfabetização Nos Países De Língua Portuguesa, 8(14), 74-98. https://doi.org/10.11606/issn.1980-7686.v8i1p74-98

Edição

Seção

Não definida