Relação da temperatura da solução de diálise e a hipotensão arterial sintomática observada durante sessões de hemodiálise em pacientes com insuficiência renal crônica

  • Clélia Beltrame Soares Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná
  • Emilia Yaeko Ochiro Instituto do Rim de Londrina
  • Natalina Toyoko Sannomiya Instituto do Rim de Londrina
Palavras-chave: Diálise, Hipotensão, Hemodiálise, Insuficiência renal crônica

Resumo

Realizado estudo prospectivo em um grupo de 21 pacientes portadores de insuficiência renal crônica que apresentavam hipotensão arterial no decorrer da hemodiálise. Avaliada a pressão arterial durante duas sessões com dialisato a 35(9)C e duas a 37°C, observou-se que as pressões sistólica e diastólica, nas temperaturas estudadas, mostraram diferenças estatisticamente significativas quando comparadas aos valores iniciais pré-diálise, queda progressiva das pressões com prevalência de episódios hipotensivos na 3(5) e 4(5) horas de tratamento em ambas temperaturas, diminuição de 7,69% das hipotensões com dialisato a 35ºC e importante queixa de sensação de frio, tornando o tratamento desconfortável.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2001-12-01
Como Citar
Soares, C., Ochiro, E., & Sannomiya, N. (2001). Relação da temperatura da solução de diálise e a hipotensão arterial sintomática observada durante sessões de hemodiálise em pacientes com insuficiência renal crônica. Revista Da Escola De Enfermagem Da USP, 35(4), 346-353. https://doi.org/10.1590/S0080-62342001000400006
Seção
Artigos Originais