SESSÃO ESPECIAL - FAST TRACK SEMEAD: COMPREENDENDO A APOSENTADORIA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DO ESTADO DE PERNAMBUCO

  • Anne Cristine Cavalcanti da Silva Faculdade Boa Viagem, Recife, PE, Brasil
  • Diogo Henrique Helal Faculdade Boa Viagem, Recife, PE, Brasil
Palavras-chave: Aposentadoria, Envelhecimento, Trabalho.

Resumo

Questões subjacentes à decisão de se aposentar e como as instituições podem ajudar neste processo foram inquietações que instigaram esta pesquisa. O objetivo do estudo é investigar a compreensão sobre aposentadoria dos servidores participantes do grupo de preparação para aposentadoria de uma instituição pública do Estado de Pernambuco. Para isso, foi feita uma pesquisa qualitativa, por meio de entrevistas semiestruturadas e observação não participante. A técnica da análise de conteúdo foi usada para a análise dos dados. A escolha dos entrevistados, todos participantes do grupo de preparação para a aposentadoria da instituição, deu-se de forma aleatória por acessibilidade. Foram entrevistadas sete pessoas, sendo seis mulheres e um homem, entre 58 e 69 anos, com, em média, 30 anos de serviço público. Na análise dos resultados emergiram duas dimensões: a) aposentadoria e permanência no trabalho; e b) envelhecimento e capacidade para o trabalho. Os resultados indicaram que as concepções de aposentadoria apareceram ligadas às ideias negativas de envelhecimento, inutilidade, perda dos vínculos sociais, e até mesmo proximidade da morte. Observou-se ainda que tais concepções, aliadas à perda financeira, explicam, em grande medida, a opção por não se aposentar depois de atingir os requisitos para tal. Pôde-se também perceber a complexidade que envolve a transição para a aposentadoria, permeada por questões psicológicas, sociais e econômicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-12-19
Como Citar
da Silva, A. C., & Helal, D. H. (2017). SESSÃO ESPECIAL - FAST TRACK SEMEAD: COMPREENDENDO A APOSENTADORIA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DO ESTADO DE PERNAMBUCO. REGE Revista De Gestão, 24(4), 316-324. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/rege/article/view/141472
Seção
Recursos Humanos