O processo de implantação do balanced scorecard em uma empresa estatal brasileira: o caso Petrobras

  • Aline de Almeida Filgueiras Universidade Gama Filho
  • Luana Paula de Souza Barros Mackenzie Rio
  • Josir Simeone Gomes Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Estratégia, Avaliação de Desempenho, Balanced Scorecard, Petrobras

Resumo

O Balanced Scorecard (BSC), desenvolvido por Kaplan e Norton em 1992, resultou da necessidade de captar toda a complexidade da performance da organização e tem sido ampla e crescentemente utilizado em empresas e organizações. Dentre suas contribuições estão a composição e a visualização de medidas de performance que reflitam a estratégia de negócios da empresa. O BSC resume, em um único documento, indicadores de performance em quatro perspectivas: financeira, clientes, processos internos e aprendizado, e crescimento. A importância do estudo reside no fato de que o BSC constitui a primeira tentativa sistemática de desenvolver um projeto para o sistema de avaliação de desempenho que enfoque os objetivos da empresa, a coordenação da tomada de decisão individual e a provisão de uma base para o aprendizado organizacional. Sendo assim, neste trabalho realizou-se uma revisão da literatura sobre o tema e apresentou-se o caso da implantação do BSC na Petrobras, companhia integrada que atua na exploração, produção, refino, comercialização e transporte de petróleo e seus derivados no Brasil e no exterior.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-03-01
Como Citar
Filgueiras, A., Barros, L., & Gomes, J. (2010). O processo de implantação do balanced scorecard em uma empresa estatal brasileira: o caso Petrobras. REGE Revista De Gestão, 17(1), 45-57. https://doi.org/10.5700/rege386
Seção
Estratégia Empresarial