As consequências da má divulgação científica

Autores

  • Guilherme Brockington Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Ciências Exatas e da Terra
  • Lucas Mesquita Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Ciências Exatas e da Terra

DOI:

https://doi.org/10.7594/revbio.15.01.03

Palavras-chave:

Divulgação científica, popularização da ciência, divulgação de neurociências, má divulgação científica

Resumo

A divulgação científica parece ser o instrumento ideal de comunicação entre ciência e sociedade. Com alto potencial para atrair o público não-especializado, busca-se diminuir a complexidade intrínseca do conhecimento científico. Contudo, há um lado danoso do jornalismo científico, quando feito de forma descuidada ou sensacionalista. Neste artigo abordaremos as consequências da má divulgação científica por meio da apresentação de fatos e dados de pesquisas sobre o tema. Discutiremos alguns exemplos emblemáticos de como pode ser nociva a circulação de informações científicas errôneas ou tendenciosas e abordaremos brevemente como minimizar estes problemas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-04-23

Como Citar

Brockington, G., & Mesquita, L. (2018). As consequências da má divulgação científica. Revista Da Biologia, 15(1), 29-34. https://doi.org/10.7594/revbio.15.01.03

Edição

Seção

Ensaio