[1]
O. E. Rodríguez-Sierra, “A representação binária do cérebro “feminino” e ‘masculino’ na ciência e nos meios de comunicação”, Rev. Biol., vol. 15, nº 1, p. 56-64, abr. 2018.