Sobre a Revista

SOBRE A REVISTA

A Revista de História (RH) é um periódico de avaliação QUALIS A1 (História/Interdisciplinar) que publica artigos em português, inglês, espanhol e francês, originais inéditos ou traduzidos, resenhas, entrevistas com historiadores e edições críticas de fontes documentais.

Publica também textos de outras áreas das humanidades.

Pretende, assim, contribuir para o debate qualificado no âmbito historiográfico direcionado a um público mais amplo, além de servir como meio de divulgação da produção universitária brasileira.

 

  • TITULAÇÃO MÍNIMA PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS: 

            DOUTORADO EM ANDAMENTO (autoria e coautoria)

 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação dos textos submetidos à Revista de História realiza-se da seguinte forma:

  • triagem inicial, pela Comissão Editorial, para verificar se o texto atende às especificações formais da Revista;
  • A Comissão Editorial se reúne regularmente para avaliar os artigos e deliberar se estão ou não dentro do perfil editorial da Revista de História. Uma vez aceito, o artigo seguirá os trâmites de avaliação por pares.
  • envio a dois pareceristas ad hoc, designados pela Comissão Editorial (assegura-se a manutenção do sistema avaliativo de duplo cego);
  • os dois pareceres são avaliados pela Comissão Editorial, que delibera quanto:
    1. a necessidade ou não de envio a um terceiro parecerista, caso os 2 pareceres sejam conflitantes;
    2. a aprovação do texto para publicação, sem a exigência de reformulações;
    3. a aprovação do texto para publicação, condicionada à realização das alterações sugeridas pelos pareceristas ou pela própria Comissão;
    4. a reprovação do texto para publicação, por não atender aos critérios e às exigências da Revista.

Importante

  • No caso de aprovação condicionada à realização de alterações, a Comissão Editorial pede que os autores respondam ponto a ponto às críticas formuladas pelos pareceristas e destaquem de forma clara, na nova versão do texto, as alterações feitas.
  • Em alguns casos, pode ocorrer novo pedido de reformulação, a ser realizada no prazo máximo de 30 dias. A nova versão é avaliada pelos pareceristas e pela Comissão Editorial, que também decide pela aprovação ou reprovação final do texto.
  • Se as alterações sugeridas forem muito substantivas, a Revista de História pode sugerir: a) reformulação completa do artigo, encerrando a presente etapa do processo avaliativo; b) nova submissão e iniciar outra fase de análise do artigo.

Periodicidade

Fluxo Contínuo (Ahead of Print). Desde 2017, a Revista é publicada apenas on line.

Princípios Éticos

A revista segue as diretrizes do Código de Conduta e Boas Práticas do COPE (Committee on Publication Ethics) (https://publicationethics.org/) e as submissões devem atender a essas diretrizes. Para conhecimento do Código, por favor consulte https://publicationethics.org/files/Code_of_conduct_for_journal_editors_1.pdf

Resolução de Conflitos de Interesse e Violações Éticas

Os editores tomarão as medidas necessárias para identificar e prevenir a publicação de artigos em que ocorra má conduta de pesquisa ou violações éticas, incluindo plágio, manipulação de citações e falsificação/fabricação de dados, ausência de autorizações pertinentes, discriminação, entre outros. As situações e alegações que chegarem ao conhecimento de editores e avaliadores serão levadas ao Comitê Editorial, que tomará as providências cabíveis, incluindo o encaminhamento a instâncias superiores da Universidade, se necessário.
A Comissão Editorial se reserva o direito de checar os artigos no programa iThenticate (para detecção de plágio)

INDEXAÇÃO

Política de Acesso Livre (sem cobrança de taxas)

A Revista pratica o acesso livre e gratuito de seu conteúdo através das plataformas:

  • Portal de Periódicos USP
  • Portal Capes
  • Scielo
  • Redalyc
  • DOAJ
  • site institucional da Revista de História
  • Scopus
  • Clase

Publicação contínua & Ahead of Print

Após aprovação final, revisões e editoração, os textos são imediatamente publicados em Ahead of print. A Comissão Editorial define os critérios para publicação imediata ou futura do artigo em edição, conforme cronograma interno.

Resguardo

A RH resguarda um intervalo de dois anos entre a publicação de dois artigos de um mesmo autor.

Conteúdo e Direitos

Conteúdo

As opiniões e os conteúdos expressos nos textos publicados pela Revista de História são de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

Direitos

A reprodução dos textos editados pela RH é permitida sob licença Creative Commons, Atribuição-NãoComercial (CC BY-NC).

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  1. Os autores mantêm os direitos autorais e concedem à Revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial, que permite o compartilhamento do trabalho sem fins lucrativos, com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  2. Os autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial na Revista de História.
  3. Os autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (veja O Efeito do Acesso Livre).
 

Histórico do periódico

A Revista de História, publicação do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), é uma das revistas especializadas em História mais antigas do Brasil, fundada em 1950 pelo professor Eurípedes Simões de Paula.

A Revista de História publica artigos nos idiomas: Português, Inglês, Espanhol e Francês (originais inéditos ou traduzidos), resenhas, entrevistas com historiadores e edições críticas de fontes documentais. Ocasionalmente, também publica textos de áreas afins (Antropologia, Arqueologia, Ciência Política, Economia, Sociologia etc).

Pretende, assim, contribuir para o debate qualificado no âmbito historiográfico, para um público mais amplo além de servir como meio de divulgação da produção universitária brasileira.

Desde 2017 sua publicação é em fluxo contínuo (ahead of print).