Arrolamento das fontes históricas de Rio Claro

Autores

  • Jeanne Berrance de Castro
  • José Sebastião Witter

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.1964.122739

Palavras-chave:

fontes, Rio Claro, arquivo

Resumo

O arrolamento das nossas fontes primárias, a formação de arquivos e uma campanha educativa de esclarecimento do valor e importância do documento escrito, são tarefas que nossas Faculdades de Filosofia do interior não devem descurar. A Cadeira de História, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro, procurando atingir êsse objetivo, planejou um trabalho de levantamento, o mais amplo possível, das fontes primárias de Rio Claro, tendo iniciado em princípios de abril de 1963 a primeira etapa desta tarefa. Procedeu-se ao arrolamento da documentação pertencente aos arquivos da cidade, tanto oficiais como de diferentes entidades particulares, religiosas e leigas. O resultado que agora apresentamos se destina à preparação das bases iniciais de um trabalho mais completo sô-bre a História da região. Daí, pretendermos continuar e com-pletar êste arrolamento, inventariando a documentação das an-tigas manufaturas, das fábricas, das casas de comércio e das fazendas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1964-06-29

Como Citar

CASTRO, J. B. de; WITTER, J. S. Arrolamento das fontes históricas de Rio Claro. Revista de História, [S. l.], v. 28, n. 58, p. 427-453, 1964. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.1964.122739. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/122739. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Arquivos