Contribuições da semântica para o estudo da história das ideologias: inventário do vocabulário político e social dos autos da devassa da insurreição pernambucana de 1817

Autores

  • Arnaldo Daraya Contier

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.1973.132014

Palavras-chave:

semântica, ideologias, Insurreição Pernambucana

Resumo

As análises do nosso corpus resume-se em: a) — relações dos estudos semânticos e as ideologias dos grupos sócio-profissionais de uma formação social historicamente determinada; b) — aplicações das teorias da "seleção" e da "combinação" de R. Jakobson nas análises dos signos linguísticos existentes nos autos da devassa da Insurreição Pernambucana; c) — estrutração dos campos lexicais segundo os princípios de J . Dubois (Le Vocabulaire Politique et Social en France 1869-1871. Paris, Larousse, 1962) e K . Baldinger (Teoria Semántica. Madrid, Alcalá, 1970). 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1973-06-10

Como Citar

CONTIER, A. D. Contribuições da semântica para o estudo da história das ideologias: inventário do vocabulário político e social dos autos da devassa da insurreição pernambucana de 1817. Revista de História, [S. l.], v. 46, n. 94, p. 581-582, 1973. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.1973.132014. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/132014. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Comunicações (Outros Temas)

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)