A legislação econômica e social consecutiva à peste negra de 1348 e sua significação no contexto da depressão do fim da Idade Média (I)

Autores

  • Victor Deodato da Silva

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.1973.132037

Palavras-chave:

legislação, peste negra, Idade Média

Resumo

Entre 18 de junho de 1349 (data da promulgação da Ordinance of Labourers) e 2 de novembro de 1351 (data em que Pedro, o Cruel decretou a última das 4 ordenações destinadas ao reino de Castela) verificou-se na Europa Ocidental, ao menos no quadro das grandes monarquias nacionais nascentes, um fenômeno sumamente interessante porque inédito: o estabelecimento praticamente simultâneo e generalizado de legislações destinadas a coibir as altas nos preços das mercadorias e serviços e a exigência de salários inusitadamente elevados por parte dos trabalhadores . 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

1973-09-10

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

SILVA, Victor Deodato da. A legislação econômica e social consecutiva à peste negra de 1348 e sua significação no contexto da depressão do fim da Idade Média (I). Revista de História, São Paulo, v. 47, n. 95, p. 59–104, 1973. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.1973.132037. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/132037.. Acesso em: 19 jul. 2024.