Amazônia, Educação e Saúde na Política da Boa Vizinhança

A trajetória de Alan Fisher no Brasil (1942-1945)

Palavras-chave: História da Amazônia, política da boa vizinhança, história da saúde pública, história das relações internacionais, história da fotografia

Resumo

Após a Segunda Guerra Mundial Alan Fisher produziu imagens com o objetivo de divulgar o trabalho do recém-criado Serviço Especial de Saúde Pública (Sesp). O fotógrafo era contratado do Office of Inter-American Affairs, agência criada para dinamizar a chamada política da boa vizinhança. Mais que a captura de paisagens amazônicas, as fotografias de Alan Fisher pretendiam retratar uma Amazônia moderna, na qual ciência e saúde – possibilitadas pela atuação dos médicos do Sesp – seriam os elementos fundamentais para superar a condição periférica em que a região se encontrava. Fisher também foi correspondente de guerra, cobrindo a atuação da Força Expedicionária Brasileira na Itália, e percorreu o interior do país colaborando com a exibição de filmes educativos que pretendiam ensinar melhores hábitos sanitários às populações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rômulo de Paula Andrade, Fundação Oswaldo Cruz

Professor do Programa de Pós Graduação em História das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz

Referências

ANDRADE, Rômulo de Paula. “Conquistar a terra, dominar a água, sujeitar a floresta”: Getúlio Vargas e a revista “Cultura Política” redescobrem a Amazônia (1940-1941). Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, Belém, v. 5, n. 2, p. 453-468, 2010. Disponível em: <https://bit.ly/2kmwMjj>. Acesso em: 8 ago. 2019. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222010000200015.

ANGOTTI-SALGUEIRO, Heliana. A construção de representações nacionais: os desenhos de Percy Lau na Revista Brasileira de Geografia e outras “visões iconográficas” do Brasil moderno. Anais do Museu Paulista, São Paulo, v. 13, n. 2, p. 21-72, 2005. Disponível em: <https://bit.ly/2lGHIZ0>. Acesso em: 6 set. 2019. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-47142005000200003.

BORGES, Maria Eliza Linhares. História & Fotografia. 2ª edição. São Paulo: Autêntica, 2008.

BURKE, Peter. Testemunha ocular: história e imagem. Bauru: Edusc, 2004.

CAMPOS, André Luiz Vieira. Políticas internacionais de saúde na Era Vargas: o serviço especial de saúde pública, 1942-1960. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2006.

CASTRO SANTOS, Luiz Antônio de. O Pensamento Sanitarista na Primeira República: uma ideologia de construção da nacionalidade. Dados: Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 28, n. 2, p. 193-210, 1985.

CONCEDIDA medalha de campanha a correspondentes. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 6/12/1945, p. 2.

CUETO, Marcos. Imágenes de la salud, la enfermedad y el desarrollo: fotografías de la Fundación Rockefeller en Latinoamérica. História, Ciências, Saude-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 5, n. 3, p. 679-704, 1999. Disponível em: <https://bit.ly/2knSSBZ>. Acesso em: 14 nov. 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59701999000100007.

DEPOIS de dez meses com a F.E.B. no “front” italiano. Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, 6/7/1945, p. 4.

DUBOIS, Philippe. O Ato fotográfico e outros ensaios. Campinas: Papirus, 1993.

Em guarda - para a defesa das América, Washington DC, v. 4, n. 2, 1944

EXPOSIÇÃO de fotografias da Força Expedicionária Brasileira. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 2/10/1945, segunda seção.

FISHER, Alan. Foreign affairs Oral History Collection, 1989. The Association for Diplomatic Studies and Training Foreign Affairs Oral History Project Information Series. Disponível em: https://www.loc.gov/collections/foreign-affairs-oral-history/, p.1-18, último acesso: 20/09/2019

GALVÃO, Francisco. O sentido social da Amazônia. Cultura Política – Revista mensal de estudos brasileiros, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 149-158, 1941.

HANSON, Earl Parker. The Amazon: a new frontier. Nova Iorque: Foreign Policy Association, Mar. 1944.

HOCHMAN, Gilberto. “O Brasil não é só doença”: o programa de saúde pública de Juscelino Kubitschek. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 16, supl. 1, p. 313-331, 2009. Disponível em: <https://bit.ly/2knU4oX>. Acesso em: 28 jan. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702009000500015.

HOCHMAN, Gilberto et al. Malaria in pictures: images from Brazil’s Public Health campaigns in the first half of the Twentieth Century. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 9, supl. 0, p. 233-273, 2002. Disponível em: <https://bit.ly/2k7hm28>. Acesso em: 14 nov. 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702002000400011.

KOSSOY, Boris. Fotografia & História. São Paulo: Ateliê Editorial, 2001.

LACERDA, Aline Lopes de. A fotografia nos arquivos: produção e sentido de documentos visuais. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 19, n. 1, p. 283-302, 2012. Disponível em: <https://bit.ly/2kyyFct>. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702012000100015.

LIMA, Nísia Trindade. Um sertão chamado Brasil. Rio de Janeiro: Revan, 1999.

LISSOVSKY, Maurício. Brasil, refúgio do olhar: trajetória de um fotógrafo exilado no Rio de Janeiro dos anos 1940. Revista Brasileira de História da Mídia, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 31-44, 2013. doi: https://doi.org/10.26664/issn.2238-5126.2220134080.

MAUAD, Ana Maria. Flávio Damm, profissão fotógrafo de imprensa: o fotojornalismo e a escrita da história contemporânea. História, São Paulo, v. 24, n. 2, p. 41-78, 2005. Disponível em: <https://bit.ly/2kmz7uy>. Acesso em: 12 nov. 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-90742005000200003.

MAUAD, Ana Maria. Poses e flagrantes: ensaios sobre história e fotografia. Niterói: Eduff, 2008.

MIRANDA, Gabriela Alves. Doutores da Batalha da Borracha: os médicos do Serviço Especial de Mobilização de Trabalhadores para a Amazônia (SEMTA) e o recrutamento de trabalhadores para os seringais em tempo de guerra (1942-1943). Dissertação de Mestrado em História das Ciências e da Saúde, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz, Rio de Janeiro, 2013.

MOURA, Gerson. Tio Sam chega ao Brasil: a penetração cultural norte-americana. São Paulo: Brasiliense, 1984.

MOURA, Gerson. O Brasil na Segunda Guerra Mundial (1942-1945). In: ALBUQUERQUE, José Augusto Guilhon et al. (coord.). Sessenta anos de política externa brasileira (1930-1990): crescimento, modernização e política externa. São Paulo: Nupri-USP; Cultura Editores Associados, 1995, p. x-y.

MYRDALL, Gunnar. Economics aspects of health. Who Chronicle, Geneva, v. 6, n. 7-8, p. 224-242, 1952.

PHOTO Fever – Learn from the ‘pros’. Alan Fisher. Sarasota Journal, Sarasota, 17/04/1980, p. 18.

SECRETO, María Verónica. A ocupação dos “espaços vazios” no governo Vargas: do “discurso do Rio Amazonas” à saga dos soldados da borracha. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 40, p. 115-135, jul./dez. 2007. Disponível em: <https://bit.ly/2lGjnms>. Acesso em: 6 set. 2019.

SILVA, James Roberto. Fotografia e ciência: a utopia da imagem objetiva e seus usos nas ciências e na medicina. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, Belém, v. 9, n. 2, p. 343-360, 2014. Disponível em: <https://bit.ly/2CpoCia>. Acesso em: 8 ago. 2019. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1981-81222014000200006.

SOUSA, Amandia Braga Lima; SCHWEICKARDT, Júlio César. “O Sesp nunca trabalhou com índios”: a (in)visibilidade dos indígenas na atuação da Fundação Serviços de Saúde Pública no estado do Amazonas. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 20, n. 4, p. 1635-1655, 2013. Disponível em: <https://bit.ly/2kx3i24>. Acesso em: 15 nov. 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-597020130005000012.

TOTA, Antonio Pedro. O imperialismo sedutor: a americanização do Brasil na época da Segunda Guerra Mundial. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

VARGAS, Getúlio. O discurso do rio Amazonas. Cultura Política: revista de estudos brasileiros, Rio de Janeiro, v. 1, n. 8, p. 228-229, 1941.

VASCONCELOS, Camilo de Mello. As representações das lutas de independência no México na ótica do muralismo: Diego Rivera e Juan O´Gorman. L’Ordinaire des Amériques, Toulouse, v. 212, p. 183-203, 2010.

WEINSTEIN, Barbara. Modernidade tropical: visões norte-americanas da Amazônia nas vésperas da Guerra Fria. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, São Paulo, n. 45, p. 153-176, 2007. Disponível em: <https://bit.ly/2kzltUT>. Acesso em: 6 set. 2019. doi: https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i45p153-176.

Publicado
2019-10-18
Seção
Dossiê: Amazônia Global: Espaços de Circulação e Representação da Fronteira