“Cuícas e pandeiros para Stokowski ouvir!”. O disco Native Brazilian Music e a Política da Boa Vizinhança

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2020.146365

Palavras-chave:

Política da Boa Vizinhança, Heitor Villa-Lobos, Leopold Stokowski, samba, identidade cultural

Resumo

Em 1940, no contexto da chamada Política da Boa Vizinhança, o regente Leopold Stokowski (1882-1977) visitou alguns países da América do Sul em turnê com a All-American Youth Orchestra. Por meio da análise de fontes da imprensa e do acervo documental do Museu Villa-Lobos, o presente artigo pretende iluminar aspectos relacionados à gravação do disco Native Brazilian Music, que reuniu, sob a iniciativa de Stokowski, alguns expoentes da música popular do Rio de Janeiro – como Donga, Pixinguinha e João da Baiana. O trabalho discute o papel desempenhado por músicos na esfera diplomática e argumenta que um dos efeitos da Política da Boa Vizinhança foi criar um jogo especular no qual, apesar da pretensa unidade cultural do continente, a aproximação promoveu discussões sobre identidade nacional, diferença e resistência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Belchior, Museu Villa-Lobos – Instituto Brasileiro de Museus

Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Pesquisador do Museu Villa-Lobos, órgão do Ibram.

Referências

ANDRADE, Ayres de. Segundo concerto da All American Youth Orchestra. O Jornal, Rio de Janeiro, 09/08/1940, p. 6.

BASTOS, Cristiano. O tio Sam extraviou a nossa batucada. Rolling Stone, São Paulo, n. 74, 26/11/2012. Disponível em: <https://bit.ly/2k4bu9M>. Acesso em: 8 jan. 2018.

BORBA, Osório. Narciso desconfiado. O Jornal, Rio de Janeiro, 10/11/1940. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. L09-034E, p. 1, recorte.

BUSCACIO, Cesar Maia. Americanismo e nacionalismo musicais na correspondência de Curt Lange e Camargo Guarnieri (1934-1956). Ouro Preto: Editora Ufop, 2010.

CAFFERY, Jefferson. In: Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro. Rio de Janeiro: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, c2009. Disponível em: <https://bit.ly/2k89X2B>. Acesso em: 27 dez. 2017.

CONFUNDIRAM “terreiro com floresta virgem. O Globo, Rio de Janeiro, 29 out. 1940, p. 2. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. L09-029E, recorte.

CONTIER, Arnaldo Daraya. Brasil novo: música, nação e modernidade: os anos 20 e 30. 1988. Tese de livre docência em História, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1988. 2 v.

CONTIER, Arnaldo Daraya. Villa-Lobos: o selvagem da modernidade. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 135, p. 101-119, 1996. ISSN 2316-9141. Disponível em: <https://bit.ly/2kwszJC>. Aceso em: 6 set. 2019. doi: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i135p101-119.

DE TRIUNFO em triunfo a nossa música. O Globo, Rio de Janeiro, 19/06/1939, s. p. [recorte]. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. L08-047A.

D’OR (Ondina Portella Ribeiro Dantas). Música nacionalista. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 29/11/1940a, p. 9. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. L09-032B.

D’OR (Ondina Portella Ribeiro Dantas). Música para o povo. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 01/09/1940b, p. 9. Disponível em: <https://bit.ly/2kblgXO>. Acesso em: 28 dez. 2017.

D’OR (Ondina Portella Ribeiro Dantas). Música: a palavra de Stokowski. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 18/09/1940c, p. 9. Disponível em: <https://bit.ly/2kqLs0Q>. Acesso em: 29 dez. 2017.

D’OR (Ondina Portella Ribeiro Dantas). Música: construindo um grande monumento para a música nacional. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 13/07/1940d, p. 9. Disponível em: <https://bit.ly/2m8UHmL>. Acesso em: 29 dez. 2017.

D’OR (Ondina Portella Ribeiro Dantas). Música: Stokowski e a “All American Youth Orchestra”. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 08/08/1940e, p. 9. Disponível em: <https://bit.ly/2m0YvpV>. Acesso em: 28 dez. 2017.

D’OR (Ondina Portella Ribeiro Dantas). Música: Toscanini e a sua orquestra. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 12/07/1940f, p. 9. Disponível em: <https://bit.ly/2m6TT1I>. Acesso em: 29 dez. 2017.

D’OR (Ondina Portella Ribeiro Dantas). Propaganda. Diário de Notícias, Rio de janeiro, 24/10/1940g, p. 9. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. L09-029A.

DORRIS, Henry N. Are the 3 B’s Aliens? New York Times, New York, 31/03/1940, p. 122. Disponível em: <https://nyti.ms/2Ew7gfx>. Acesso em: 10 jan. 2018.

DOWNES, Olin. Good-Will Tour. New York Times, New York, 24/03/1940, p. 113.

DUMONT, Juliete & FLÉCHET, Anaïs. “Pelo que é nosso!”: a diplomacia cultural brasileira no século XX. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 34, n. 67, p. 203-221, 2014.

EGG, André Acastro. Modernismo musical e colaboração internacional na Política da Boa Vizinhança. Baleia na Rede: Estudos em Arte e Sociedade, Marília, v. 1, n. 10, p. 62-81, 2013. ISSN 1808-8473. Disponível em: <https://bit.ly/2lBK8bw>. Acesso em: 6 set. 2019.

FERREIRA, Roberta Lima. Difusão cultural e projeção internacional: o Brasil na América Latina (1937-45). In: SUPPO, Hugo Rogelio & LESSA, Mônica Leite (org.). A quarta dimensão das relações internacionais: a dimensão cultural. Rio de Janeiro: Contracapa, 2012, pp. 65-88.

FLÉCHET, Anaïs. As partituras da identidade: o Itamaraty e a música brasileira no século XX. Escritos, Rio de Janeiro, ano 5, n. 5, p. 277-256, 2011. ISSN 2448-3532. Disponível em: <https://bit.ly/2m49C1v>. Acesso em: 6 set. 2019.

GARCIA, Tânia da Costa & TOMÁS, Lia (org.). Música e política: um olhar transdisciplinar. São Paulo: Alameda, 2013.

GIENOW-HECHT, Jessica. Sound diplomacy: music and emotions in transatlantic relations, 1850-1920. Chicago: University of Chicago Press, 2009.

GRANDES concertos sinfônicos no Municipal, sob a regência de Stokowsky. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 16/07/1940, p. 9. Disponível em: <https://bit.ly/2m0ueHN>. Acesso em: 27 dez. 2017

GUÉRIOS, Paulo Renato. Heitor Villa-Lobos. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

HOLLOWAY, Thomas H. Imigrantes para o café. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

LEOPOLDO Stokowsky desembarcou poucas horas antes da estreia no Municipal. O Jornal, Rio de Janeiro, 08/08/1940, p. 3 Disponível em: <https://bit.ly/2lJMAwQ>. Acesso em: 27 dez. 2017

LIÇÃO de geografia. Cine Rádio Jornal, Rio de Janeiro, 31/10/1940, s.p. [recorte]. MVL, L09-031C.

LIMA, Lurian José Reis da Silva. Suíte Popular Brasileira na trajetória de Villa-Lobos: “arte”, “povo” e uma “suíte” à brasileira. Dissertação de mestrado em Música, Universidade Federal do Paraná, 2017.

MAIA, Jorge. Crônica da cidade. A Noite, Rio de Janeiro, 11/08/1940, p. 3. Disponível em: <https://bit.ly/2k8zKHY>. Acesso em: 28 dez. 2017.

MARÈS, Antoine & FLÉCHET, Anaïs. Introduction. Relations Internationales, Paris, n. 155, p. 3-9, mar. 2013. ISSN 2105-2654 Disponível em: <https://bit.ly/2lC6RUQ>. Acesso em: 6 set. 2019. doi: https://doi.org/10.3917/ri.155.0003.

MOURA, Gerson. Relações exteriores do Brasil (1939-1950): mudanças na natureza das relações Brasil-Estados Unidos durante e após a Segunda Guerra Mundial. Brasília, DF: Funag, 2012.

MOURA, Gerson. Tio Sam chega ao Brasil: a penetração cultural americana. 5ª edição. São Paulo: Brasiliense, 1988.

MÚSICA do morro para Stokowski ouvir. Diário da Noite, Rio de Janeiro, 08/08/1940, p. 1. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. L11-061I, recorte.

MYERBERG, Michael. [Carta da All-American Youth Orchestra]. Destinatário: Heitor Villa-Lobos. Nova York, 18 out. 1940a. 1 carta. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. Col. Correspondência, cód. MVL 2008-17A-0064.

MYERBERG, Michael. [Carta da All-American Youth Orchestra]. Destinatário: Heitor Villa-Lobos. Nova York, 21 jan. 1941b. 1 carta. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. Col. Correspondência, cód. MVL 2008-17A-0066.

MYERBERG, Michael. [Carta da All-American Youth Orchestra]. Destinatário: Heitor Villa-Lobos. Nova York, 25 jan. 1941c. 1 carta. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. Col. Correspondência, MVL 2008-17A-0067.

NATIONAL Youth Administration. New York: Roosevelt Institute, 2011. Disponível em: <https://bit.ly/2lDada6>. Acesso em: 30 ago. 2011.

O MAESTRO Stokowski chegou, hontem, pelo “Uruguai”. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 08/08/1940, p. 9. MVL, L11-060K.

OS “FEITICEIROS índios” de Stokowski. A Noite, Rio de Janeiro, 25/10/1940, p. 7. Disponível em: <https://bit.ly/2lG3HiW>. Acesso em: 9 set. 2019.

PARANHOS, Adalberto. A invenção do Brasil como terra do samba: os sambistas e sua afirmação social. História, São Paulo, v. 22, n. 1, p. 81-113, 2003. ISSN 1980-4369. Disponível em: <https://bit.ly/2m575nT>. Acesso em: 6 set. 2019. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-90742003000100004.

PARANHOS, Adalberto. Os desafinados: sambas e bambas no “Estado Novo”. Tese de doutorado em História, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

PEPPERCORN, Lisa. Brazilian reaction to visitors. New York Times, New York, 03/11/1940.

PEPPERCORN, Lisa. Stokowski and orchestra in Brazil. New York Times, New York, 01/09/1940. Disponível em: <https://nyti.ms/2EuokCJ>. Acesso em: 10 jan. 2018.

PEREIRA, Avelino Romero. Música, sociedade e política: Alberto Nepomuceno e a República Musical. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2007.

PINTO, Ricardo. Pajés em pelo cantando sambinhas. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 23/10/1940, p. 1. Disponível em: <https://bit.ly/2kmN9wg>. Acesso em: 28 dez. 2017.

PORQUE não foram irradiados os concertos de Stokowski. O Jornal, Rio de Janeiro, 09/08/1940, p. 5. Disponível em: <https://bit.ly/2lH6xUZ>. Acesso em: 28 dez. 2017.

RADIOSA encarnação do Brasil de amanhã. O Globo, Rio de Janeiro, 04/09/1940, ed. vespertina, p. 2. Disponível em: <https://glo.bo/2kd20Jy>. Acesso em: 6 jan. 2018.

RETURN in triumph. Time, Nova York, 30/09/1940, p. 72. Disponível em: <https://bit.ly/2k434PH>. Acesso em: 10 maio 2018.

ROSS, Alex. Escuta só: do clássico ao pop. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

ROSS, Alex. The rest is noise: listening to the twentieth century. Nova York: Picador, 2008.

SALLES, Paulo de Tarso. Villa-Lobos: processos composicionais. Campinas: Editora Unicamp, 2009.

SANTOS, Ernesto dos. [Carta de Donga]. Destinatário: Heitor Villa-Lobos. Rio de Janeiro, 29 jul. 1940. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. MVL, Col. Correspondência, cód. FE 1558.

SILVEIRA, Joel. Jornalistas contam a História 5: O Estado Novo e o Getulismo. [Depoimento cedido a Gilberto Negreiros]. Folha de S.Paulo, São Paulo, 09/01/1979. Disponível em: <https://bit.ly/2lYA8ZX>. Acesso em: 28 fev. 2018

SILVEIRA, Porto da. Músicos brasileiros. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 18/08/1940, p. 5. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos, L09-010I, recorte. Disponível em: <https://bit.ly/2kDfMFh>. Acesso em: 9 set. 2019.

STOKOWSKI, Leopold. [Carta da All-American Youth Orchestra]. Destinatário: Heitor Villa-Lobos. Nova York, 20 jul. 1940a. 1 carta. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. Col. Correspondência, cód. MVL 2008-17A-0063.

STOKOWSKI, Leopold. [Correspondência]. Destinatário: Heitor Villa-Lobos. Philadelphia, 3 jul. 1940b. 1 carta. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. Correspondência, cód. FE 1452-12.

STOKOWSKI partirá a 26 de Nova York. O Jornal, Rio de Janeiro, 24/07/1940, p. 5. Disponível em: <https://bit.ly/2m849Xu>. Acesso em: 29 dez. 2017.

STOKOWSKY accusado de sympathisar com os communistas. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 27/03/1940, p. 2. Disponível em: <https://bit.ly/2knDQfv>. Acesso em: 28 dez. 2017.

THOMPSON, Daniela. Stokowski caçado. Musica Brasiliensis, [s. l.], 2005. Disponível em: <https://bit.ly/2k7uUe0>. Acesso em: 29 dez. 2017.

TOTA, Antonio Pedro. O amigo americano: Nelson Rockefeller e o Brasil. São Paulo: Companhia. das Letras, 2014.

TOTA, Antonio Pedro. The seduction of Brazil: the americanization of Brazil during the World War II. Austin: University of Texas Press, 2009.

TRIUNFA em Nova York a música do Brasil. A Noite, Rio de Janeiro, 05/05/1939. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. L08-033G.

UMA ORCHESTRA synphonica do Brasil para toda a América. O Globo, Rio de Janeiro, 16/07/1940, ed. vespertina, p. 3. Disponível em: <https://glo.bo/2lKyvPo>. Acesso em: 29 dez. 2017.

VILLA-LOBOS, Heitor. [Correspondência]. Destinatário: Leopold Stokowski. Rio de Janeiro, 16 jul. 1940. 1 carta. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos. Correspondência, cód. FE 1452-7.

VILLA-LOBOS, sua obra. Rio de Janeiro: Museu Villa-Lobos, 2010. Disponível em: <https://bit.ly/2lAq5KH>. Acesso em: 29 dez. 2017.

Downloads

Publicado

2020-02-07

Edição

Seção

Artigos