Política e História Contemporânea em Moçambique

Dez notas epistemológicas

Palavras-chave: História contemporânea, memória, Moçambique, Roteiro da Libertação, epistemologia

Resumo

O artigo procura refletir sobre as condições de escrita da história contemporânea na sua relação com o poder político em Moçambique desde a independência em 1975. Argumenta que o Partido-Estado construiu a sua própria narrativa do passado recente – aqui designada de Roteiro da Libertação – e operacionalizou-a como instrumento político e ideológico de exercício do poder, para tal procurando legitimá-la, ou seja, transformá-la de memória política em memória pública. Ao mesmo tempo em que se debruça sobre a natureza do Roteiro da Libertação e a sua evolução para responder às exigências sempre novas do presente, o texto argumenta que a produção de narrativas acadêmicas autônomas e soberanas não pode, neste contexto, senão entrar em competição com o Roteiro da Libertação; uma competição que só em ambiente democrático pode ser desdramatizada e deixar de ser encarada politicamente como ameaça.


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Borges Coelho, Universidade Eduardo Mondlane

Doutor em História Econômica e Social, escritor e professor do Departamento de História da Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique).

Referências

AGAMBEN, Giorgio. What is an apparatus? Stanford, CA: Stanford University Press, 2009.
COELHO, João Paulo Borges. Abrir a fábula. Questões da política do passado em Moçambique. Revista Crítica de Ciências Sociais, n. 106, mai. 2015, p. 153-166.
COELHO, João Paulo Borges. Memory, history, fiction: a note on the politics of the past in Mozambique. In: RENCONTRE INTERNATIONALE: IL ÉTAIT UNE FOIS LES INDÉPENDANCES AFRICAINES… LA FIN DES EMPIRES?, 21-22 de outubro de 2010. Anais. Paris: EHESS, 2010.
COELHO, João Paulo Borges. Política e memória: fontes arquivísticas e história contemporânea de Moçambique. Problemas e algumas perspectivas. In: IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS DE TRADIÇÃO IBÉRICA, 24-28 de outubro de 2005. Anais. Lisboa: Torre do Tombo, 2010.
BRAGANÇA, Aquino de & Depelchin, Jacques. Da idealização da Frelimo à compreensão da história de Moçambique. Estudos Moçambicanos, n. 5/6, 1986, p. 29-52.
Governo de Moçambique. Boletim da República, I série, n. 43, 26 de outubro de 1992.
Publicado
2019-09-02
Seção
Dossiê: Moçambique em perspectiva: histórias conectadas, interdisciplinaridade..