O léxico da pobreza na Ordem Franciscana (século XIII): contribuição ao estudo da economia cristã de bens simbólicos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2020.160361

Palavras-chave:

Idade Média, cristianismo, vocabulário, cultura, fontes escritas

Resumo

O léxico da pobreza na Ordem Franciscana deve ser considerado em perspectiva com o vocabulário presente em outras temporalidades e em situações diversas ao longo da história do cristianismo. A análise da série histórica do uso da terminologia da pobreza é importante por afastar hipóteses ingênuas em torno de um suposto Francisco mítico e de uma Ordem Franciscana supostamente disruptiva; ao mesmo tempo, manifesta-se importante por iluminar aspectos particulares do éthos franciscano, aprofundando a capacidade de compreensão do historiador. Por essa razão, propomos aqui, a utilização da pobreza como categoria histórica, tendo como eixo da análise o fenômeno franciscano e estabelecendo, como fundamento metodológico, uma história global em sua relação dialética com as temporalidades particulares a partir das fontes documentais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Tavares Magalhães, Universidade de São Paulo

Livre-docente e professora associada do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Referências

BUENAVENTURA DE BAGNOREGIO. Apologia pauperum contra calumniatorem, ed. bilíngue in Obras de San Buenaventura. Eds. Bernardo Aperribay, Miguel Oromi, Miguel Oltra. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1949.

La Leggenda di San Francesco scritta da tre suoi Compagni (Legenda trium sociorum), ed. bilíngue, org. Marcellino Civezza e Theophilo Domenichelli. Roma: Sallustiana 1899.

PEDRO DE JOÃO OLIVI. De usu paupere: The Quaestiones and the Tractatus, ed. David Burr. Firenze/Perth, 1992.

Regula sancti Benedicti. Bayerische Staatsbibliothek (Biblioteca Regia Monachorum), Códice latino 19409.

TOMMASO DA CELANO – La vita seconda ovvero appendice ala vita prima di S. Francesco d’Assisi del B. Tommaso da Celano, ed. bilíngue latim/italiano, org. Leopoldo Amoni. Roma: Tipografia della Pace, 1880.

Obras de referência

BROWN, Peter. A Igreja. In: História da Vida Privada, vol. 1: Do Império Romano ao ano mil, org. Paul Veyne, trad. Hildegard Feist. São Paulo: Companhia das Letras, 1989, pp. 259-274.

BROWN, Peter. A nova antropologia. In: História da Vida Privada, vol. 1: Do Império Romano ao ano mil, org. Paul Veyne, trad. Hildegard Feist. São Paulo: Companhia das Letras, 1989, pp. 243-257.

BROWN, Peter. The Rise of Western Christendom: Triunph and Diversity, a.D. 200-1000. Oxford: Blackwell, s/d.

CÂNDIDO DA SILVA, Marcelo. A economia moral e o combate à fome na Idade Média. In: Anos 90. Porto Alegre, v.20, n.38, p. 43-74, 2013.

CRESPO, Antônio Pedro Albernaz e GUROVITZ, Elaine. A pobreza como um fenômeno multidimensional. In: RAE-eletrônica, vol.1, n.2, p. 1-12, jul-dez/2002.

DANIEL-ROPS. A Igreja dos apóstolos e dos mártires. Trad. Emérico da Gama. São Paulo: Quadrante, 1988.

FLETCHER, Richard. The Barbarian Conversion: from Paganism to Christianity. New York: Henry Holt and Co., 1998.

LAMBERTINI, Roberto. Denarii et pecunia : la riflessione francescana sulla moneta nei commenti alla Regola . In: Mélanges de l’École Française de Rome: Dossier Ben più del denaro. Il diritto della moneda, la sua sovranità, le sue funzioni – Varia - Atelier Doctora – Regards croisés. Roma, 182/2, 2016. Disponível em <https://journals.openedition.org/mefrm/3192>.

MAGNANI, Eliana. Le don au moyen âge. Pratique sociale et représentations perspectives de recherche.In: Revue du MAUSS, n. 19, p. 309-322, 2002/1.

MAGNANI, Eliana. Les médiévistes et le don. Avant et après la théorie maussienne. In: Révue du MAUSS, n. 31, p. 525-544, 2008/1.

MARKUS, Robert A. O fim do cristianismo antigo. Trad. João Rezende Costa. São Paulo: Paulus, 1997.

PIRON, Sylvain. La pauvreté dans l’experience et la réflexion des franciscains. In: La pauvrété dans les pays riches : leçons de philosophie économique, orgs. Alain Leroux, Pierre Livet. Economica, pp. 36-52, 2009, ffhalshs-00419533f.

TODESCHINI, Giacomo. Carità e profitto nella dottrina economica francescana da Bonaventura all’Olivi. In: Franciscan Studies Volume 60, 2002, pp. 325-332.

Downloads

Publicado

2020-09-09

Edição

Seção

Dossiê: Uma História Global antes da Globalização?