Apresentação dossiê “Moda & História”

Palavras-chave: Dossiê Moda e História, História da Moda, Brasil, Gilda de Mello e Souza

Resumo

Este dossiê – primeiro sobre o tema moda nesta Revista de História – é dedicado ao doutoramento em Ciências Sociais de Gilda de Mello e Souza (1919- 2005), defendido em 20 de junho de 1950 na Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas (FFLCH), e intitulado A moda no século XIX. Pioneira no estudo de moda no Brasil, a tese só mereceu publicação comercial em 1987, com o título O espírito das roupas (SOUZA, 1987). O longo lapso temporal em que permaneceu negligenciado não encaneceu o trabalho da filósofa; ao contrário, seu reconhecimento foi se ampliando com o passar dos anos e o posiciona, hoje, como o mais relevante estudo sobre o tema já produzido no Brasil. (1º parágrafo do texto)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luís André do Prado, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Doutorando do Departamento de História Econômica da Universidade de São Paulo (USP); graduado em Comunicação Social pela PUC-MG (1974-1979); reporter geral Estado de Minas (1979-1985); reporter e chefe sucursal BH da Folha de S. Paulo (1985-1987); subeditorde cultura IstoÉ (1987-1988); coordenador de comunicação CREA-SP (1994-1997), coordenador de pesquisas do Museu da Pessoa (1994-1997); coordenador comunicação CRP-SP (1999-2001), coordenador geral Pyxis Editorial (2002-2014). Livros: Cacilda Becker, fúria santa. São Paulo: Geração Editorial, 2002. História da moda no Brasil, das influências às autorreferências. São Paulo: Disal, 2011 (com João Braga).

Referências

Referências

LIPOVETSKY, Gilles. O Império do Efêmero. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
SOUZA, Gilda de Mello e. O espírito das roupas. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.
Publicado
2019-08-29
Seção
Dossiê: Moda e História