Da vila ao sertão: os mamelucos como agentes da colonização

Autores

  • Ronald Raminelli Universidade Federal do Paraná; Departamento História

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i129-131p209-219

Palavras-chave:

Mamelucos, Jesuítas, Cristão, Colonização, Indígenas

Resumo

Nos primeiros anos da coloniznçpo üo Brasil, os mamelucos foram os intermediarios entre os portugueses e os índios, auxiliando no  agenciamento de mão-de-obra indígena necessária nos empreendimentos coloniais. Ao deslocarem os nativos do sertão para os engenhos, eles infringiram
regras da Cristandade, pois no sertão viviam ao modo gentílico: pintando corpo, tendo várias mulheres
e participando de rituais anlropofágicos. No entanto, nas vilas viviam como cristãos. A especificidade cultural dos mamelucos é o lema principal deste artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1994-12-30

Edição

Seção

Artigos