Mentalidade e sociedade: revisitando a historiografia sobre São Paulo Colonial

  • Ilana Blaj Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Depto. de História
Palavras-chave: Bandeirantes, Grande propriedade, Escravidão, Hierarquia, Historiografia

Resumo

O texto discute, confrontando as várias concepções de nossa historiografia, a questão da especificidade de São Paulo no período colonial, e defende a existência de uma unicidade estrutural da formação social brasileira, que englobava também o planalto paulista, fundada na grande propriedade, na escravidão e nos símbolos de honra e prestígio

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2000-12-30