A dupla marginalidade de José de Acosta: religião e soberania no Vice-Reino do Peru (séc. XVI)

Autores

  • Victor Santos Vigneron de La Jousselandière Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i164p101-125

Palavras-chave:

José de Acosta, religião, soberania

Resumo

Com este artigo procura-se refletir sobre o estatuto conferido à alteridade extra-europeia na obra do jesuíta castelhano José de Acosta. Por um lado, tal análise permite destacar alguns usos da "religião" como instrumento de compreensão das populações "bárbaras"; por outro lado, trata-se de apontar para o nexo existente entre o projeto evangelizador e a instituição de uma soberania castelhana sobre o Vice-Reino do Peru, na segunda metade do século XVI

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-30

Como Citar

JOUSSELANDIÈRE, V. S. V. de L. A dupla marginalidade de José de Acosta: religião e soberania no Vice-Reino do Peru (séc. XVI) . Revista de História, [S. l.], n. 164, p. 101-125, 2011. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.v0i164p101-125. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/19190. Acesso em: 7 fev. 2023.