Montagens topo-lógicas: as imagens nos capitéis e pilares do claustro de Moissac

Autores

  • Maria Cristina Correia Leandro Pereira Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Departamento de História

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i165p73-91

Palavras-chave:

Moissac, Imagens, Montagens

Resumo

A partir do conceito de “montagem”, tomado de Georges Didi-Huberman, em suas releituras de Walter Benjamin e Aby Warburg, este artigo busca refutar a visão corrente
na bibliografia especializada sobre o claustro românico de Moissac de que lhe faltaria uma “ordenação lógica” para seus capitéis. Ao contrário, mostraremos como este “lugar
de imagens” é resultado de várias “montagens topo-lógicas”.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2011-12-30

Como Citar

PEREIRA, Maria Cristina Correia Leandro. Montagens topo-lógicas: as imagens nos capitéis e pilares do claustro de Moissac. Revista de História, São Paulo, n. 165, p. 73–91, 2011. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.v0i165p73-91. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/19211.. Acesso em: 17 abr. 2024.