Melquisedec no judaísmo e no cristianismo e seu significado na disputa entre regnum e sacerdotium na idade média

Autores

  • Nachman Falbel Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Departamento de História

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i165p333-366

Resumo

Este estudo visa elucidar a continua presença histórica da singular figura bíblica de Melquisedec que se prestou a múltiplas interpretações no pensamento religioso judaico e cristão. Desde o primeiro século de nossa era, a imagem de Melquisedec faria dele um símbolo central nas disputas teológicas entre as duas religiões assim como em várias seitas marginais que delas se originaram. Mais tarde, durante o período medieval, dar-se-ia um notável desdobramento do conceito de rex-sacerdos tendo um papel relevante no pensamento político e nas controvérsias entre o poder temporal e espiritual, entre regnum sacerdotium.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2011-12-30

Como Citar

FALBEL, Nachman. Melquisedec no judaísmo e no cristianismo e seu significado na disputa entre regnum e sacerdotium na idade média. Revista de História, São Paulo, n. 165, p. 333–366, 2011. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.v0i165p333-366. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/19217.. Acesso em: 18 jun. 2024.