Entre fatos diversos: literatura e trabalho nas cartas de Paulo Barreto e de Lima Barreto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2023.198581

Palavras-chave:

cartas, literatura, trabalho, comércio, história

Resumo

Este artigo pretende refletir, a partir das cartas de Lima Barreto e de Paulo Barreto, como se opera a relação entre a literatura e o mundo do trabalho, nas primeiras décadas do século XX. Por meio da heterogeneidade das epístolas, se busca entender como o processo da criação ficcional, no contexto de sua produção e circulação, se realiza na tensão entre a arte e o mercado. Balizada na história cultural e na escrita íntima, este estudo procura igualmente mostrar como a correspondência se torna um instrumento necessário para o artista construir uma imagem de si, bem como uma ferramenta mediadora para fazer negócios e para a publicização dos textos literários. Assim, se intenta contribuir para o aprofundamento da obra desses dois escritores, expondo a complexidade do processo histórico de produção e divulgação de seus livros.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Poliana dos Santos, Universidade Federal do Maranhão/Bacabal

    Doutora pelo Programa de Pós-graduação em História Social do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - FFLCH/USP. Professora adjunta na área de História no Departamento de Ciências Humanas/Sociologia, no Centro de Ciências de Bacabal da Universidade Federal do Maranhão (CCBa-UFMA).

Referências

Fontes

BARRETO, Lima. Triste fim de Policarpo Quaresma. São Paulo: Penguin-Companhia, 2011.

BARRETO, Lima. Amplius! In: BARRETO, Lima. Contos completos. Organização de Lilia Moritz Schwarcz. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

CAVALHEIRO, Edgard. A correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto. Organização de Valéria Lamego. Rio de Janeiro: Versos Brasil Editora, 2017.

RIO, João do. Muito d’alma: cartas de Paulo Barreto (João do Rio) a João de Barros (1909-1921). Organização de Claudia Poncioni e Virginia Camilotti. Rio de Janeiro: Garamond, 2015.

RIO, João do. O homem da cabeça de papelão. São Paulo: Hedra, 2012.

RIO, João do. A alma encantadora das ruas. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

RIO, João do. O bebê de tarlatana rosa. In: RIO, João do. Dentro da noite. São Paulo: Antiqua, 2002.

RIO, João do. Eva: peça em três atos. Rio de Janeiro: Villas Boas, [19-?].

RIO, João do. Sésamo. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1917.

RIO, João do. Crônica e frases de Godofredo de Alencar. Rio de Janeiro: Vilas Boas & C., 1916.

RIO, João do. O momento literário. Rio de Janeiro: H. Garnier, 1908.

Referências bibliográficas

ARTIÈRE, Philippe. Arquivar a própria vida. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 11, n. 21, p. 9-34, 1998. Disponível em: <https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/2061/1200>. Acesso em: 10 abr. 2023.

BARBOSA, Francisco de Assis. A vida de Lima Barreto: 1881-1922. 7ª edição. Belo Horizonte: Itatiaia, 1988.

BRAGANÇA, Aníbal. As políticas públicas para o livro e a leitura no Brasil: o Instituto Nacional do Livro (1937-1967). Matrizes, São Paulo, v. 2, nº 2, p. 221-246, 2009. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/matrizes/article/view/38232/41008>. Acesso em: 10 abr. 2023.

BRAGANÇA, Aníbal. Uma introdução à história editorial brasileira. Cultura: Revista de História e Teoria das Ideias, Lisboa, v. 14, n. 2, p. 57-83, 2002.

CHARTIER, Roger. “Escutar os mortos com os olhos”. Estudos Avançados, São Paulo, v. 24, n. 69, p. 8-30, 2010. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/10510/12252>. Acesso em: 10 abr. 2023. doi: <https://doi.org/10.1590/S0103-40142010000200002>.

DIAZ, Brigitte. O gênero epistolar ou o pensamento nômade: formas e funções da correspondência em alguns percursos de escritores no século XIX. Tradução de Brigitte Hervot e Sandra Ferreira. São Paulo: Edusp, 2016.

GALVÃO, Walnice Nogueira. À margem da carta. Teresa: Revista de Literatura Brasileira, São Paulo, n. 8-9, p. 14-29, 2008. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/116656/114243>. Acesso em: 10 abr. 2023.

HAROCHE-BOUZINAC, Geneviève. Escritas epistolares. Tradução de Ligia Fonseca Ferreira. São Paulo: Edusp, 2016.

MAGALHÃES JÚNIOR, Raimundo. A vida vertiginosa de João do Rio. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira; Brasília, DF: INL, 1978.

PRADO, Antonio Arnoni. Mágoas de perto e de longe (Lima Barreto). In: GALVÃO, Walnice Nogueira & GOTLIB, Nádia Battella (org.). Prezado senhor, prezada senhora: estudos sobre cartas. São Paulo: Companhia das Letras, 2000, p. 185-192.

RODRIGUES, João Carlos. João do Rio: vida, paixão e obra. Rio de Janeiro: Organização Brasileira, 2010.

SALIBA, Elias Thomé. Cultura/as apostas na República. In: SCHWARCZ, Lilia Moritz (coord.). A abertura para o mundo (1889-1930). Rio de Janeiro: Objetiva, 2012, p. 238-249.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. Lima Barreto: triste visionário. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

SÜSSEKIND, Flora. Cinematógrafo de letras: literatura, técnica e modernização no Brasil. São Paulo: Companhia das letras, 1987.

Downloads

Publicado

2023-12-01

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

SANTOS, Poliana dos. Entre fatos diversos: literatura e trabalho nas cartas de Paulo Barreto e de Lima Barreto. Revista de História, São Paulo, n. 182, p. 1–29, 2023. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.2023.198581. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/198581.. Acesso em: 25 jul. 2024.