“Última Vontade": A Alforria em Testamentos de Homens Pardos (Vila Rica, 1755-1831)

Autores

  • Daniel Precioso Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i167p99-128

Palavras-chave:

Alforria – homens pardos – séculos XVIII e XIX.

Resumo

O artigo examina a prática da alforria entre os homens pardos de Vila Rica (1755-1831). Seu objetivo é apreender os motivos que levaram pardos, donos de pequenas escravarias, a libertar escravos em disposições testamentárias. Buscando a dinâmica da alforria na relação senhor-escravo, conciliamos uma análise das formas de alforriar e do grupo de alforriados com um exame da condição senhorial.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Daniel Precioso, Universidade Federal Fluminense
    Doutorando do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia - Universidade Federal Fluminense (bolsista CNPq)

Downloads

Publicado

2012-12-30

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

PRECIOSO, Daniel. “Última Vontade": A Alforria em Testamentos de Homens Pardos (Vila Rica, 1755-1831). Revista de História, São Paulo, n. 167, p. 99–128, 2012. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.v0i167p99-128. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/49071.. Acesso em: 28 maio. 2024.