Reflexões sobre a imagem como gesto: apontamentos a partir do manuscrito Paris, BNF, Latin 9449

Autores

  • Eduardo Henrik Aubert Emmanuel College, University of Cambridge

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2015.89560

Palavras-chave:

Imagem medieval, música medieval, gesto, teoria da imagem

Resumo

Este artigo propõe que compreender a imagem como gesto pode ser um modo frutífero de incrementar sua inteligibilidade, libertando a imagem do paradigma da representação, entendendo-a antes como veículo de ação social. Para tanto, estrutura-se em duas partes: uma primeira destinada à discussão historiográfica e conceitual direta, e uma segunda dedicada a um estudo de caso centrado no manuscrito Paris, BnF, latin 9449, originário de Nevers nos meados do século XI. Analisando as imagens desse manuscrito, em sua relação com o contexto do livro em que se inserem e com uma série de outros testemunhos nivernenses coevos, pretendemos avançar a factibilidade e o interesse de tal abordagem. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Henrik Aubert, Emmanuel College, University of Cambridge

Doutorado em Histoire et Civilisations. École des Hautes Études en Sciences Sociales, França. Pós-doutorando no Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Senior Research Associate.

Downloads

Publicado

2015-06-30

Como Citar

AUBERT, E. H. Reflexões sobre a imagem como gesto: apontamentos a partir do manuscrito Paris, BNF, Latin 9449. Revista de História, [S. l.], n. 172, p. 77-111, 2015. DOI: 10.11606/issn.2316-9141.rh.2015.89560. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/89560. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos