A importância do exame clínico no reconhecimento da síndrome de Herlyn-Werner-Wunderlich: relato de caso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v100i2p184-188

Palavras-chave:

Hematocolpos, Distúrbios menstruais, Dismenorreia, Ductos paramesonéfricos, Rim único, Exame físico

Resumo

A síndrome de Herlyn-Werner-Wunderlich (SHWW) é uma doença congênita rara dos ductos müllerianos, em que há útero didelfo, obstrução de hemivagina obstruída por septo e agenesia renal ipsilateral. A apresentação clínica mais comum é dor pélvica progressiva, dismenorreia e massa palpável. Em alguns casos a paciente pode apresentar menstruação normal devido a obstrução de apenas uma hemivagina, fato que resulta em atraso no diagnóstico. Relato do caso: Paciente, 13 anos, sexo feminino, com queixa de dor pélvica intermitente e progressiva, há um ano, associada a irregularidade menstrual, é atendida em hospital terciário. Realizada propedêutica radiológica armada e suprimido o exame físico ginecológico inicial, paciente é erroneamente diagnosticada com torção de cisto ovariano e submetida a laparotomia exploradora. Em pós-operatório, após reavaliação da história clínica e realização de exame ginecológico, evidenciou-se uma anormalidade anatômica em região de vestíbulo vaginal, compatível com septo vaginal e hematocolpo. Realizada colpotomia com drenagem de aproximadamente 900 ml de sangue de aspecto achocolatado e marsupialização do septo vaginal. Conclusões: Denota-se a importância do exame clínico para conclusão diagnóstica precoce e para evitar procedimentos cirúrgicos desnecessários, em especial na conduta de casos raros e intrigantes como a SHWW.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Duran Marquez de Souza, Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos, Faculdade de Medicina

Instituto Tocantinense Presidente Antonio Carlos, Faculdade de Medicina. 

Laís Rodrigues Valadares, Universidade Federal do Tocantins, Faculdade de Medicina

Universidade Federal do Tocantins, Faculdade de Medicina. 

Vantuir José Domingos da Mota, Universidade de Gurupi, Faculdade de Medicina

Universidade de Gurupi, Faculdade de Medicina

Ana Thalissa Vilela Carvalho, Universidade Federal do Tocantins

Universidade Federal do Tocantins, Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia. 

Sonaly Santiago Pereira, Hospital Maternidade Dona Regina

Hospital Maternidade Dona Regina, Departamento de Ginecologia e Obstetrícia. 

Referências

Gungor Ugurlucan F, Dural O, Yasa C, Kirpinar G, Akhan S. Diagnosis, management, and outcome of obstructed hemivagina and ipsilateral renal agenesis (OHVIRA syndrome): Is there a correlation between MRI findings and outcome? Clin Imaging. 2020;59(2):172-8. doi:10.1016/j.clinimag.2019.11.013.

Cheng C, Subedi J, Zhang A, et al. Vaginoscopic incision of oblique vaginal septum in adolescents with OHVIRA syndrome. Sci Rep. 2019;9(1). doi:10.1038/s41598-019-56471-2.

Herlyn U, Werner H. Simultaneous occurrence of an open Gartner-duct cyst, a homolateral aplasia of the kidney and a double uterus as a typical syndrome of abnormalities. Geburtshilf Frauenheilkd. 1971;31:340-7.

Wunderlich M. Unusual form of genital malformation with aplasia of the right kidney. Zentralbl Gynakol. 1976;98:559-62.

Wang J, Zhu L, Lang J, et al. Clinical characteristics and treatment of Herlyn–Werner–Wunderlich syndrome. Arch Gynecol Obstet. 2014;290(5):947-50. doi:10.1007/s00404-014-3286-5.

Yavuz A, Bora A, Kurdoğlu M, et al. Herlyn-Werner-Wunderlich syndrome: merits of sonographic and magnetic resonance imaging for accurate diagnosis and patient management in 13 cases. J Pediatr Adolesc Gynecol. 2015;28(1):47-52. doi: 10.1016/j.jpag.2014.03.004.

Wang S, Lang J, Zhu L, Zhou H. Duplicated uterus and hemivaginal or hemicervical atresia with ipsilateral renal agenesis: an institutional clinical series of 52 cases. Eur J Obstetr Gynecol Reprod Biol. 2013;170(2):507-11. doi: 10.1016/j.ejogrb.2013.07.015.

Fedele L, Motta F, Frontino G, Restelli E, Bianchi S. Double uterus with obstructed hemivagina and ipsilateral renal agenesis: pelvic anatomic variants in 87 cases. Human Reprod. 2013;28(6):1580-3. doi: 10.1093/humrep/det081.

Zhang J, Xu S, Yang L, Songhong Y. MRI image features and differential diagnoses of Herlyn–Werner–Wunderlich syndrome. Gynecol Endocrinol. 2019:1-5. doi: 10.1080/09513590.2019.1680623.

Tong J, Zhu L, Lang J. Clinical characteristics of 70 patients with Herlyn-Werner-Wunderlich syndrome. Int J Gynecol Obstetr. 2013;121(2):173-5. doi: 10.1016/j.ijgo.2012.11.023.

Publicado

2021-05-20

Como Citar

Souza, P. D. M. de, Valadares, L. R., Mota, V. J. D. da, Carvalho, A. T. V., & Pereira, S. S. (2021). A importância do exame clínico no reconhecimento da síndrome de Herlyn-Werner-Wunderlich: relato de caso. Revista De Medicina, 100(2), 184-188. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v100i2p184-188

Edição

Seção

Relato de Caso/Case Report