Perfil epidemiológico dos pacientes infectados por COVID-19 em um município de pequeno porte no nordeste brasileiro

Autores

  • Anselmo Messias Ribeiro da Silva Junior Universidade Estadual de Santa Cruz, Faculdade de Medicina Santo Agostinho
  • Guilherme Bernardo Meira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Letícia Finco Machado  Instituto Educacional Santo Agostinho, Faculdade Santo Agostinho

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v101i5e-174402

Palavras-chave:

COVID-19, Infecção viral pelo SARS-CoV-2, Pandemia COVID-19

Resumo

Introdução: A pandemia do Coronavírus 2 relacionado à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2), causador da doença do coronavírus 2019 (COVID-19), que emergiu no final de 2019 em Wuhan, Província de Hubei, China é uma variação da família do Coronavírus que causa infecções respiratórias. Os primeiros Coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. Objetivo: caracterizar perfil epidemiológico de casos confirmados e manifestações clínicas causadas pelo COVID-19 em um município de pequeno porte no nordeste brasileiro. Metodologia: estudo epidemiológico, descritivo, quantitativo de 564 pacientes confirmados com a doença COVID-19 no município de Poções – Bahia. Os dados foram obtidos a partir da plataforma do notifica-SUS e com a análise de prontuários somente dos pacientes que foram a óbito, e presença de sinais/sintomas relacionados a doença causada pelo COVID-19 entre o período de 01 de junho de 2020 a 08 de agosto de 2020. Resultados: A faixa etária mais atingida pela doença do COVID-19 esteve compreendida na faixa etária entre 20 a 39 anos com 40,24% de casos confirmados. Na população de 03 a 19 anos, o número de casos foi inversamente proporcional, tendo menor número de contaminados pelo vírus, 8,48% de casos confirmados, assim, seguidos pelos baixos números de casos em bebês/lactantes com taxa de infecção de baixa de 1,95%. Dentre os pacientes diagnosticados com a referida doença, os principais sintomas relatados foram tosse seca (276 [48,9%]), febre (225 [39,89%]), cefaleia (163 [28,90%]), dor de garganta (152 [26,95%), dispneia (124 [21,98%]), mialgia (107 [18,97%]) e anosmia (101 [17,90%]). Dentre os sintomas apresentados, em (76 [12,94%]) dos pacientes possuíam queixa sintomática do sistema gastrointestinal, dos quais, os principais sinais e sintomas relatados por estes foram diarreia, náusea, vômitos, inapetência, dor abdominal e perda de peso. Dentre os pacientes que evoluíram para óbito no município, os sinais/sintomas presentes eram febre e tosse seca (10 [100%]), dispneia (08 [80%]), (08 [80%]) baixa saturação, (01 [10%]) diarreia e (01 [10%]) apresentou queixa de cefaleia. Ressalta-se que as presenças dos sinais/sintomas supracitados foram associadas nos pacientes que foram a óbito. Conclusão: Dentre os pacientes sintomáticos, a febre e tosse foi a queixa mais presente no estudo desde entre os pacientes com quadro leve da doença, aos com quadro grave. A manifestação gastrointestinal isolada também esteve presente na infecção pelo COVID – 19 em pacientes. Deste modo, como uma doença nova e com uma vasta sintomatologia, a infecção pelo novo coronavírus deve ser visualizada sempre como um possível diagnóstico diferencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anselmo Messias Ribeiro da Silva Junior, Universidade Estadual de Santa Cruz, Faculdade de Medicina Santo Agostinho

Possui graduação em Medicina pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2015). Especialista em Saúde Coletiva: Concentração em Atenção Básica pelo Instituto de Saúde Coletiva (ISC) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Oficial médico, 1º tenente, da reserva da Marinha do Brasil. Possui experiência em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde atuou como plantonista no Hospital Geral Prado Valadares em Jequié - Bahia entre os anos de 2018 a 2020. Atuou como médico plantonista no Hospital SAMUR de Vitória da Conquista - Bahia. Atuou como médico transportador na modalidade UTI e foi médico plantonista no Hospital São José de Ilhéus Bahia e no Hospital Municipal Frei Silvério no município de Una - Bahia. Durante a formação médica atuou em diversas atividades de extensão, voltadas para educação médica continuada, como as Ligas acadêmicas (Anatomia cirúrgica, Trauma e Farmacologia), foi bolsista do PET-Saúde do Ministério da Saúde entre os anos de 2011 até 2013 e Bolsista de extensão acadêmica entre os anos de 2014 até 2015. Realizou diversos cursos de aperfeiçoamento profissional, de maior relevância: ACLS (Advanced Cardiovascular Life Support) último realizado em 2019, PALS (Pedriatric Advanced Life Support) último realizado em 2019, MAVIT - Manejo de via aérea e intubação traqueal em 2018, Point of Care em 2019, Curso de Ventilação Mecânica em 2018, Ultrassonografia em Acesso Venoso Central em 2019, SBV Suporte Básico de Vida em 2017, Medeletro - Curso de interpretação de Eletrocardiograma em 2017, além de diversos cursos na área de Clínica Médica e Medicina de Saúde da Família e Comunidade, bem como artigos publicados em revistas nacionais na área de Clínica Médica e Medicina de Saúde da Família e Comunidade e diversos trabalhos apresentados em Congressos médicos a nível internacional, nacional, regional e local. Atualmente é docente de Habilidades médicas da Faculdade de Medicina Santo Agostinho - Vitória da Conquista - Bahia, integra o programa Mais Médicos lotado em Poções - Bahia, Coordenador Médico e Emergencista da UPA 24 horas em Poções - Bahia. Atua como supervisor no programa O Brasil conta comigo do Ministério da Saúde na UPA 24 horas, supervisionando dois estudantes de medicina e integra o Comitê técnico do plano de contingência e enfrentamento ao Covid19 em Poções - Bahia.

Guilherme Bernardo Meira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Graduação em Bacharelado interdisciplinar em Saúde pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2016), Graduando em medicina pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Coordenador local do IFMSA BRASIL pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2017). Ex-Professor do Centro de Formação Profissional Santa Cruz - CESAC, com o componente de Imunologia Básica e Primeiros Socorros para o Curso Técnico de Enfermagem e Radiologia.

Letícia Finco Machado,  Instituto Educacional Santo Agostinho, Faculdade Santo Agostinho

Graduanda de medicina pelo Instituto Educacional Santo Agostinho

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. 2020. Protocolo de manejo clínico da COVID na atenção especializada. Disponível em: https://coronavirus.saude.gov.br/. Acesso em: 29 mar. 2020. Esse link não funciona

Bhatraju PK, Ghassemieh BJ, Nichols M, Kim R, Jerome KR, Nalla AK, et al. Covid-19 in critically Ill patients in the Seattle Region — case series. N Engl J Med. 2020;382:2012-22. https://doi.org/10.1056/NEJMoa2004500

Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Folha informativa sobre COVID-19. Brasília; 2020 [citado 29 mar. 2020]. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:covid19&Itemid=875

Lana RM, Coelho FC, Gomes MFC, Cruz OG, Bastos LS, Villela DAM, Codeço CT. Emergência do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e o papel de uma vigilância nacional em saúde oportuna e efetiva. Cad Saúde Pública. 2020;36(3):e00019620. https://doi.org/10.1590/0102-311X00019620

Werneck GL, Carvalho MS. A pandemia de COVID-19 no Brasil: crônica de uma crise sanitária anunciada [Editorial]. Cad Saúde Pública. 2020;36(5). https://doi.org/10.1590/0102-311X00068820

Brasil. Ministério da Saúde. Boletim epidemiológico – COVID-19. Brasília, DF; 2020 [citado 13 mar.2020]. Disponível em: http://saude.gov.br/images/pdf/2020/June/25/Boletim-epidemiologico-COVID-19-2.pdf

Assis (Estado de São Paulo). Perfil epidemiológico da Covid-19 [citado 13 mar. 2020]. Disponível em: https://saude.assis.sp.gov.br/comunicado/189/perfil-epidemiologico-da-covid-19-assis-sp

Estado da Bahia. Secretaria da Saúde. Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus [citado 13 mar. 2020]. Disponível em: http://www.saude.ba.gov.br/municipio/santo-antonio-de-jesus/.

Rezer F, Faustino WR, Maia CS. Incidence of COVID-19 in the mesoregions of the state of Mato Grosso: confirmed and notified cases. Rev Prev Infec Saúde. 2020;6:10317. doi: https://doi.org/10.26694/repis.v6i0.10317

Li Q, Guan X, Wu P, Wang X, Zhou L, et al. Early Transmission Dynamics in Wuhan, China, of Novel Coronavirus–Infected Pneumonia. N Engl J Med. 2020;26(382):1199-1207. doi: https://doi.org/10.1056/NEJMoa2001316

Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Projeção da população do Brasil por sexo e idade simples: 2000-2060. Brasília, DF; 2020 [citado 24 abr. 2020]. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?ibge/cnv/projpopbr.def

Yi Han, BS, Yi Liu, BS; Liyuan Zhou, Enguo Chen, Pengyuan Liu, Xiaoqing Pan, Yan Lu. Epidemiological assessment of imported coronavirus disease 2019 (COVID-19) cases in the most affected city outside of Hubei Province, Wenzhou, China. JAMA Network Open. 2020;3(4):e206785. doi: https://doi.org/10.1001/jamanetworkopen.2020.6785

Giacomelli A, Pezzati L, Conti F, Bernacchia D, Siano M, Oreni L, et al. Self-reported olfactory and taste disorders in SARS-CoV-2 patients: a cross-sectional study. Clin Infect Dis. 2020;71(15):889-890. https://doi.org/10.1093/cid/ciaa330

Chen T, Wu D, Chen H, Yan W, Yang D, Chen G, et al. Clinical characteristics of 113 deceased patients with coronavirus disease 2019: retrospective study. BMJ. 2020;368:m1091. https://doi.org/10.1136/bmj.m1091

Jin X, Lian J-S, Hu J-H, Gao J, Zheng L, Zhang Y-M, et al. Epidemiological, clinical and virological characteristics of 74 cases of coronavirus-infected disease 2019 (COVID-19) with gastrointestinal symptoms. Gut. 2020;69(6):1002-9. https://doi.org/10.1136/gutjnl-2020-320926

Guan W, Ni Z, Hu Y, Liang W, Ou C, He J, et al. Clinical characteristics of coronavirus disease 2019 in China. N Engl J Med. 2020;382(18):1708-20. https://doi.org/10.1056/NEJMoa2002032.

Huang C, Wang Y, Li X, Ren L, Zhao J, Hu Y, et al. Clinical features of patients infected with 2019 novel coronavirus in Wuhan, China. Lancet. 2020;395(10223):497-506. https://doi.org/10.1016/s0140-6736(20)30183-5

Wang Z, Yang B, Li Q, Wen L, Zhang R. Clinical features of 69 cases with coronavirus disease 2019 in Wuhan, China. Clin Infect Dis. 2020;71(15):769-777. https://doi.org/10.1093/cid/ciaa272

Rodriguez-Morales AJ, Cardona-Ospina JA, Gutiérrez-Ocampo E, Villamizar-Peña R, Holguin-Rivera Y, Escalera-Antezana JP, et al. Clinical, laboratory and imaging features of COVID-19: a systematic review and meta-analysis. Travel Med Infect Dis. 2020;34:101623. https://doi.org/10.1016/j.tmaid.2020.101623

Zhou P, Yang XL, Wang XG, et al. A pneumonia outbreak associated with a new coronavirus of probable bat origin. Nature. 2020;579(7798):270-273. doi: https://doi.org/10.1038/s41586-020-2012-7.

Pan Y, Zhang D, Yang P, Poon LLM, Wang Q. Viral load of SARS-CoV-2 in clinical samples. Lancet Infect Dis. 2020;20(4):411-412. doi: https://doi.org/10.1016/S1473-3099(20)30113-4

Zhang H, Kang Z, Gong H, et al. The digestive system is a potential route of 2019-nCov infection: a bioinformatics analysis based on single-cell transcriptomes. Preprint. Posted online January 31, 2020. bioRxiv 2020.01.30.927806. doi: https://doi.org/10.1101/2020.01.30.927806

Zhou J, Li C, Zhao G, et al. Human intestinal tract serves as an alternative infection route for Middle East respiratory syndrome coronavirus. Sci Adv. 2017;3(11):eaao4966. doi: https://doi.org/10.1126/sciadv.aao4966

Wang Y, Wang Y, Chen Y, Qin Q. Unique epidemiological and clinical features of the emerging 2019 novel coronavirus pneumonia (COVID-19) implicate special control measures. J Med Virol. March 5, 2020. doi:10.1002/jmv.25748

COVID-19 no Brasil [citado 13 ago. 2020. https://infoms.saude.gov.br/extensions/covid-19_html/covid-19_html.html

Prefeitura Municipal de Saúde de Feira de Santana. Coronavirus [citado 13 ago. 2020]. Disponível em: http://www.feiradesantana.ba.gov.br/secretarias.asp?id=14

Prefeitura Municipal de Salvador. Indicadores Covid [citado 13 ago. 2020]. Disponível em: http://www.saude.salvador.ba.gov.br/covid/indicadorescovid/

Prefeitura Municipal de Jequié. Coronavirus [citado 13 ago. 2020]. Disponível em: http://www.jequiecontracorona.com.br/

World Health Organization (WHO). Coronavirus disease (COVID-19) [citado 13 aog. 2020]. Disponível em: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200813-covid-19-sitrep-206.pdf?sfvrsn=bf38f66b_6

Brasil. Ministério da Saúde. Coronavirus [citado em 13 ago. 2020]. Disponível em: http://saude.gov.br/images/pdf/2020/June/25/Boletim-epidemiologico-COVID-19-2.pdf. Acesso em 13/08/2020

Publicado

2022-09-02

Como Citar

Silva Junior, A. M. R. da, Meira, G. B., & Machado, L. F. (2022). Perfil epidemiológico dos pacientes infectados por COVID-19 em um município de pequeno porte no nordeste brasileiro. Revista De Medicina, 101(5), e-174402. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v101i5e-174402

Edição

Seção

Artigos Originais/Originals Articles