Cisto branquial da 4ª fenda – relato de caso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v101i3e-191723

Palavras-chave:

Massa cervical, Anomalias branquiais, Cisto branquial, Fendas branquiais, Tumores congênitos

Resumo

Introdução: Os cistos branquiais são tumores congênitos laterais, resultantes de defeitos de desenvolvimento embrionário que afetam os arcos branquiais.1 As anomalias congênitas cervicais são mais comumente diagnosticadas nos primeiros anos de vida. Objetivo: Informar, discutir e analisar condutas para tratamento desse tipo de cisto congênito. Método: Relato de caso e análise de dados, diagnósticos e conduta baseada na literatura referente a Cisto Branquial da 4° Fenda. Resultados: Os cistos podem se manifestar tardiamente, mas as fístulas são, quase sempre, diagnosticadas ao nascimento ou na infância. São extremamente raros, estima-se que 95% das anomalias das fendas branquiais sejam da 2ª fenda; das 5% restantes, quase todas são da 1ª ou 3ª fenda. O diagnóstico é primariamente clínico, mas a ultrassonografia pode auxiliar no diagnóstico diferencial de um cisto branquial. O tratamento das anomalias branquiais é a excisão cirúrgica. Lactente sexo feminino, 9 meses de idade em acompanhamento de cisto branquial com conduta conservadora. O surgimento da massa se deu logo ao nascimento, havendo drenagem espontânea do cisto para o esôfago alguns dias depois. Após nove meses paciente retorna devido aumento progressivo da lesão que correlacionando com exame físico, exames de imagem levaram ao diagnóstico de cisto de 4º fenda branquial. Realizada cirurgia para remoção de Cisto juntamente com retirada de lobo esquerdo da tireoide (tireoidectomia parcial). Conclusão: Após a exerese da lesão paciente evoluiu satisfatoriamente sendo encaminhado para enfermaria e posteriormente alta com acompanhamento ambulatorial com pediatra geral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Maria Esteves Cascabulho, Hospital São José do Avaí

Médica Residente do 3º ano do Programa de Residência Médica em Pediatria do Serviço de Pediatria do Hospital São José do Avaí. 

Tatiana Vargas Queiroz Verdan, Hospital São José do Avai

Médica Residente do 2º ano do Programa de Residência em Pediatria do Serviço de Pediatria do Hospital São José do Avaí. 

Rebeca dos Santos Veiga do Carmo, Hospital São José do Avai

Médica Residente do 2º ano do Programa de Residência em Pediatria do Serviço de Pediatria do Hospital São José do Avaí. 

Ana Paula Machado Frizzo , Universidade Iguaçu

Médica, Pediatra, Docente do curso de Graduação em Medicina da Universidade Iguaçu, Itaperuna-RJ, Docente do curso de graduação em Medicina da Unifaminas, Muriaé, MG, Brasil.

Julia Bino Aguiar da Silva, Centro Universitário Serra dos Órgãos

Acadêmica do 6º ano do Curso de Medicina do Centro Universitário Serra dos Órgãos, Teresópolis, RJ. 

Lorena de Freitas Gottardi, Universidade Iguaçu

Médica, Pediatra, Mestre em Biomedicina, Docente do curso de graduação em Medicina da Universidade Iguaçu, Itaperuna, RJ, Brasil.

 

André Pancrácio Rossi, Universidade Iguaçu

Médico, Pediatra, Neonatologista, Docente do curso de graduação em Medicina da Universidade Iguaçu, Itaperuna, RJ, Brasil.

Fernanda Cardilo Lima, Universidade Iguaçu

Médica, Cirurgiã Geral, Título de especialista em Cirurgia Laparoscópica, Cirurgiã Pediátrica, Mestre em Medicina e Biomedicina, Docente do Curso de Graduação em Medicina da Universidade Iguaçu.

Referências

Nool V. Cistos branquiais. Anais Fac Med Porto Alegre. 1962;22(2):97-101. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/anaisfamed/article/viewFile/79372/46365.

Lubianca Neto JF, Pilch BZ, Eavely RD. Massa cervical atípica em criança. BJORL Braz J Otorhinol. 2000;66:167-70. Disponível em: http://oldfiles.bjorl.org/conteudo/acervo/acervo.asp?id=2441

Flaiban LT. Massas cervicais congênitas. Fundação Otorrinolaringologia; 2005. Disponível em: https://forl.org.br/Content/pdf/seminarios/seminario_53.pdf

Lenh CN, Chedid HM, Correa LAC, Magalhães MR, Curioni OA. Tumores congênitos do pescoço. Rev Assoc Med Bras. 2007;53(4):283-92. doi: https://doi.org/10.1590/S0104-42302007000400007

Chagas JFSC, Rapoport A, Pascoal MBN, Aquino JLB, Filho LAB, Magalhães MR, et al. A raridade das afecções congênitas cervicais: anomalia do ducto tireoglosso. Rev Bras Cir Cabeça Pescoço. 2012;41(2):89-92. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/326368781_Relato_de_Caso_A_raridade_das_afeccoes_congenitas_cervicais_anomalias_do_ducto_tireoglosso

Chagas JFS, Rapoport A, Pascoal MBN, Aquino JLB, Filho LAB, Magalhães MR, et al. Afecções congênitas cervicais. Casos raros: anomalias laterais. Rev Bras Cir Cabeça Pescoço. 2011;40(2). Disponível: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-621058

Carvalho CP, Barcellos AN, Teixeira DC, Lacerda MAC, Ribeiro CA. Malignant branchiogenic cyst or primary tumor metastasis? Case report. Int Arch Otorhinolaryngol. 2008;12(3):463-5. Available from: http://www.arquivosdeorl.org.br/conteudo/acervo_eng.asp?Id=557.

Patel S, Bhatt AA. Thyroglossal duct pathology and mimics. Insights Imaging. 2019;10:12. doi: 10.1186/s13244-019-0694-x

Meng F, Zhu Z, Ord RA, Zhang T. A unique location of branchial cleft cyst: case report and review of the literature. Int J Oral Maxillofac Surg. 2019;48(6):712-5. doi: 10.1016/j.ijom.2018.11.014

Mittal MK, Malik A, Sureka B, Thukral BB. Cystic masses of neck: a pictorial review. Indian J Radiol Imaging. 2012;22(4):334-43. doi: 10.4103/0971-3026.111488

Bahakim A, Francois M, Van Den Abbeele T. Congenital midline cervical cleft and w-plasty: our experience. Int J Otolaryngol. 2018;2018:5081540. doi: 10.1155/2018/5081540

Meng F, Zhu Z, Ord RA, Zhang T. A unique location of branchial cleft cyst: case report and review of the literature. Int J Oral Maxillofac Surg. 2019;48(6):712-5. doi: 10.1016/j.ijom.2018.11.014

Quintanilla-Dieck L, Penn EB. Congenital neck masses. Clin Perinatol. 2018;45(4):769-85. doi: 10.1016/j.clp.2018.07.012

Mattioni J, Azari S, Hoover T, Weaver D, Chennupati SK. A cross-sectional evaluation of outcomes of pediatric branchial cleft cyst excision. Int J Pediatr Otorhinolaryngol. 2019;119:171-6. doi: 10.1016/j.ijporl.2019.01.030

Publicado

2022-05-04

Como Citar

Cascabulho, A. M. E., Verdan, T. V. Q. ., Carmo, R. dos S. V. do ., Frizzo , A. P. M. ., Silva, J. B. A. da ., Gottardi, L. de F., Rossi, A. P. ., & Lima, F. C. . (2022). Cisto branquial da 4ª fenda – relato de caso: . Revista De Medicina, 101(3), e-191723. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v101i3e-191723

Edição

Seção

Relato de Caso/Case Report