Aconselhamento pré-viagem aos voluntários com destino ao Haiti. Relato da experiência do Ambulatório dos Viajantes do Hospital das Clínicas da FMUSP

  • Karina Takesaki Miyaji Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
  • Tânia do Socorro Souza Chaves Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Instituto Evandro Chagas, Seção de Parasitologia.
  • Amanda Nazareth Lara Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
  • André Machado Luiz Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
  • Ana Marli Christovan Sartori Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
  • Marta Heloisa Lopes Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
Palavras-chave: Ajuda humanitária, Haiti, Viajantes, Vacina.

Resumo

INTRODUÇÃO: Desastres naturais representam ameaça à vida e às condições mínimas de sobrevivência de milhares de pessoas. Em 12 de janeiro de 2010 o Haiti foi assolado por um dos mais devastadores terremotos da história do país. Equipes de resgate do mundo inteiro chegaram ao país para ajuda humanitária. O Ambulatório dos Viajantes, da Divisão de Clínica de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) fez a orientação pré-viagem dos voluntários que foram encaminhados ao serviço. OBJETIVO: Enfatizar a importância da medicina de viagem em emergência de saúde pública e descrever a orientação pré-viagem fornecida aos viajantes. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo descritivo de relato da experiência do Ambulatório dos Viajantes da Divisão de Clínica de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da FMUSP, na orientação pré-viagem de viajantes com destino ao Haiti. Toda a equipe profissional do ambulatório foi informada da situação e uma estratégia foi criada para atender a demanda sem comprometer a rotina. Orientação sobre os riscos de adoecimento através de água e alimentos, vetores, poluição do ar, animais peçonhentos, choque elétricos foram discutidos além da informação sobre os aspectos geográficos, históricos, políticos e econômicos. RESULTADOS: Foram atendidos 98 viajantes. A média da idade foi 38,9 (23 a 66) anos e 79,6% eram do sexo masculino. Entre as ocupações referidas pelos viajantes atendidos foi possível observar: profissionais de saúde e bombeiros (52%), técnicos de telefonia (17,3%), policiais e militares (16,3%) e outros profissionais (14,2%). Vacinas indicadas e realizadas no serviço: febre tifóide (92%), hepatite A (87%), febre amarela (46%), tétano e difteria (dT) (36%), sarampo, caxumba e rubéola (28%), poliomielite (19%), vacina antimeningocócica conjugada C (6%),  influenza e raiva. Todas as medidas de prevenção para a malária foram recomendadas. Cloroquina foi a droga de escolha para a quimioprofilaxia da malária, e a ciprofloxacina para diarreia do viajante. Conclusão: A MV se faz presente a cada dia entre nós e ultrapassa barreiras em situações de emergências em saúde pública, como no caso de desastres naturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karina Takesaki Miyaji, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias

Médica(o) Assistente do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CRIE – HC FMUSP) e Ambulatório dos Viajantes da Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias, do Hospital das Clínicas da FMUSP. E-mail: karinamiyaji@gmail.com.

Tânia do Socorro Souza Chaves, Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Instituto Evandro Chagas, Seção de Parasitologia.

Ex-Médica Assistente do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CRIE – HC FMUSP) e Ambulatório dos Viajantes da Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias, do Hospital das Clínicas da FMUSP. Pesquisadora em Saúde Pública. Seção de Parasitologia. Instituto Evandro Chagas, Secretaria de Vigilância em Saúde/Ministério da Saúde. E-mail: tania.chaves@uol.com.br.

Amanda Nazareth Lara, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
Médica(o) Assistente do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CRIE – HC FMUSP) e Ambulatório dos Viajantes da Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias, do Hospital das Clínicas da FMUSP.
André Machado Luiz, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
Médico Assistente do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CRIE – HC FMUSP) e Ambulatório dos Viajantes da Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias, do Hospital das Clínicas da FMUSP.
Ana Marli Christovan Sartori, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Centro de Referência para Imunobiológicos, Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias
Médica Assistente do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (CRIE – HC FMUSP) e Ambulatório dos Viajantes da Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias, do Hospital das Clínicas da FMUSP.
Marta Heloisa Lopes, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias

Docente do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - FMUSP. E-mail: mahlopes@usp.br

Publicado
2014-06-22
Como Citar
Miyaji, K., Chaves, T., Lara, A., Luiz, A., Sartori, A., & Lopes, M. (2014). Aconselhamento pré-viagem aos voluntários com destino ao Haiti. Relato da experiência do Ambulatório dos Viajantes do Hospital das Clínicas da FMUSP. Revista De Medicina, 93(2), 90-93. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v93i2p90-93
Seção
Artigos