[1]
G. M. Böhm, “Iniciação científica: ficção e realidade”, Rev. Med. (São Paulo), vol. 66, nº 3, p. 50-52, dez. 1986.