Literatura e História em duas obras de George Orwell

Autores

  • Daniel Puglia Universidade de São Paulo
  • Débora Reis Tavares Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-9020.intelligere.2016.118353

Resumo

A obra de George Orwell frequentemente estabelece conexões entre panorama histórico e forma literária. Tendo em vista um olhar crítico sobre a realidade, os narradores orwellianos tecem uma rede de estórias que refletem a fundo a Inglaterra dos anos 1930. No romance A Flor da Inglaterra e no ensaio documental O Caminho Para Wigan Pier está presente a discussão sobre o socialismo em diferentes camadas sociais, uma reverberação da tensão do período entre as Guerras Mundiais. Cada obra, à sua maneira, nos leva a algumas conclusões sobre as pontes entre história e literatura como ferramentas analíticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Puglia, Universidade de São Paulo

Professor no Departamento de Letras Modernas da USP

Débora Reis Tavares, Universidade de São Paulo

Doutoranda no Departamento de Letras Modernas da USP

Downloads

Publicado

2016-10-07

Como Citar

Puglia, D., & Tavares, D. R. (2016). Literatura e História em duas obras de George Orwell. Intelligere, 2(2), 68-77. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9020.intelligere.2016.118353