Infraestrutura Verde: Sustentabilidade e resiliência para a paisagem urbana

Autores

  • Cecília Polacow Herzog
  • Lourdes Zunino Rosa

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i1p92-115

Palavras-chave:

infraestrutura verde, adaptação, resiliência, sustentabilidade, serviços ecossistêmicos, baixo carbono

Resumo

As cidades são ecossistemas abertos vulneráveis a eventos climáticos. A expansão urbana voltada para o uso de automóveis leva à construção de infraestruturas cinzas (vias, estacionamentos e outras superfícies impermeáveis), que ocasionam impactos recorrentes, como enchentes e deslizamentos, congestionamentos de trânsito, alto consumo de energia, emissão de gases de efeito estufa (GEE) e poluição generalizada. Este artigo enfoca o potencial da infraestrutura verde como uma maneira de mitigar os efeitos dessa urbanização, dar resiliência aos ecossistemas urbanos para enfrentar os desafios das mudanças climáticas, além de contribuir para a transição a uma economia de baixo carbono. Infraestrutura verde num meio urbano consolidado consiste em uma rede multifuncional verde-azul (vegetação - sistemas hídrico/drenagem) que incorpora o retrofit (renovação) e adaptação da infraestrutura existente. Apresenta inicialmente um breve histórico e a seguir discorre sobre infraestrutura verde. Dois casos ilustram o seu potencial: um já implantado e consolidado em Freiburg na Alemanha, e outro uma proposição ideal para uma bacia hidrográfica urbana no Rio de Janeiro, Brasil. Infraestrutura verde proporciona serviços ecossistêmicos essenciais para a sustentabilidade urbana de longo prazo. Planejar, projetar e monitorar uma infraestrutura verde pode ser uma maneira de reduzir enchentes e deslizamentos, incrementar o transporte “limpo”, capturar carbono, melhorar a qualidade das águas e a saúde da população com conseqüentes benefícios econômicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cecília Polacow Herzog

Paisagista, Especialista em Preservação Ambiental das Cidades, Mestre em Urbanismo, Presidente da Inverde e Conselheira da OSCIP Associação dos Amigos do Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro

Lourdes Zunino Rosa

Arquiteta graduada pela U.P.6/Paris, Mestre em Conforto Ambiental pela FAU/UFRJ, Doutora em Transportes e Sustentabilidade pela COPPE/UFRJ, Diretora da OCAM, Oficina Conforto Ambiental, Diretora da Inverde

Downloads

Publicado

2010-09-11

Como Citar

Herzog, C. P., & Rosa, L. Z. (2010). Infraestrutura Verde: Sustentabilidade e resiliência para a paisagem urbana. Revista LABVERDE, (1), 92-115. https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i1p92-115

Edição

Seção

Artigos