A interligação entre projetos de mobilidade sustentável como vetor de recuperação do Ribeirão Lavapés na região de Botucatu

Autores

  • Alfredo Paulo Coppini
  • Mara Pedroso
  • Sirlei Bertolini Soares

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i3p11-34

Palavras-chave:

Projeto sustentável, Qualidade Ambiental, Mobilidade Sustentável, Meio Ambiente, Ribeirão Lavapés

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo analisar a necessidade de investimento na mobilidade sustentável, incentivando os transportes alternativos, especialmente o ciclismo, por meio da implantação e melhoria das ciclovias e ciclo faixas. O mesmo não pretende esgotar o assunto, mas apontar algumas ações responsáveis pelo declínio na qualidade de vida nos centros urbanos e medidas que podem ser adotadas visando promover melhorias nestes ambientes. Entre as possíveis causas da redução da qualidade de vida pode-se mencionar a utilização do veículo particular como principal meio de transporte e sua parcela de responsabilidade como prática bastante nociva que compromete a qualidade da mobilidade e promove a destruição da paisagem nos centros urbanos. Neste sentido, maior ênfase será destinada às vantagens e benefícios da implantação de ciclovias e ciclo faixas. Como estudo de caso, propõe-se reunir alguns dos projetos de ciclovia propostos para o município de Botucatu - em especial o projeto que prevê a implantação de uma ciclovia nas margens do Ribeirão Lavapés - com o intuito de fazer uma interligação em escala regional destes projetos propostos com as trilhas ciclísticas turísticas existentes, utilizadas entre os municípios vizinhos integrantes do “Consórcio Turístico Pólo Cuesta”, apontando parcerias entre órgãos públicos, universidade e sociedade para implantação destes projetos de maneira racional e prática, promovendo a mobilidade sustentável numa esfera abrangente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alfredo Paulo Coppini

Mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Lavras. Arquiteto e Urbanista pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Mara Pedroso

Arquiteta e Urbanista pela Universidade Nove de Julho, do Centro de Engenharia e Cadastro Imobiliário da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo-PGE.

Sirlei Bertolini Soares

Engenheira Civil pela Universidade Mackenzie.

Downloads

Publicado

2011-12-20

Como Citar

Coppini, A. P., Pedroso, M., & Soares, S. B. (2011). A interligação entre projetos de mobilidade sustentável como vetor de recuperação do Ribeirão Lavapés na região de Botucatu. Revista LABVERDE, (3), 11-34. https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i3p11-34