Aplicação do desenho ambiental para a bacia do córrego das corujas: Potencialidades e limitações na implantação de um parque linear

Autores

  • Eduardo Mendes de Oliveira Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente
  • Mariana Corrêa Soares Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
  • Ramon Stock Bonzi Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i4p31-62

Palavras-chave:

Desenho Ambiental, Infraestrutura verde, Parques Lineares, Córrego das Corujas, Drenagem urbana

Resumo

A partir da contextualização sobre a necessidade de novos paradigmas de planejamento urbano capazes de conciliar a ocupação humana com a conservação das bases biofísicas dos territórios são apresentados dois arcabouços teóricos nesse sentido: o Desenho Ambiental e a Infraestrutura Verde. Estuda-se a aplicação dessas ideias em uma área densamente urbanizada: a bacia hidrográfica do Córrego das Corujas, na zona Oeste da cidade de São Paulo. Da análise da situação atual desse curso d’água são apontadas as limitações e as potencialidades paisagísticas e urbanísticas de seu entorno, chegando-se a diretrizes capazes de incrementar a presença do Córrego das Corujas na paisagem urbana. Discorre-se ainda sobre os serviços socioambientais decorrentes de possíveis intervenções ao longo de seu traçado, notadamente, a criação de parques lineares e corredores verdes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Mendes de Oliveira, Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente

Arquiteto na Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente (SVMA) da cidade de São Paulo, membro da Câmara Técnica de Legislação Urbanística (CTLU) da Prefeitura de São Paulo e especialista em conforto ambiental pela Universidade de São Paulo (USP).

Mariana Corrêa Soares, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Arquiteta paisagista, consultora em planejamento ambiental, graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU USP) e mestranda em Paisagem e Ambiente na pós graduação da FAUUSP.

Ramon Stock Bonzi, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Jardineiro paisagista, professor de jardinagem, especialista em meio ambiente e sociedade pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (Fespsp) e mestrando na FAUUSP.

Downloads

Publicado

2012-06-20

Como Citar

Oliveira, E. M. de, Soares, M. C., & Bonzi, R. S. (2012). Aplicação do desenho ambiental para a bacia do córrego das corujas: Potencialidades e limitações na implantação de um parque linear. Revista LABVERDE, (4), 31-62. https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i4p31-62