Contribuição para paisagem sonora de qualidade no parque linear Brás - Lapa

Autores

  • Claudia Lambertini
  • Eliseu Genari

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i5p38-50

Palavras-chave:

áreas livres, conectividade, paisagem sonora, parque linear

Resumo

A proposta de rebaixamento do sistema de transporte sobre trilhos propiciou vislumbrar a implantação de áreas livres, numa região degradada, ruidosa e dividida pelos trilhos dos trens da CPTM, formando o Parque Linear Brás-Lapa. Este trabalho analisou a necessidade e importância dos espaços livres, especificamente no trecho compreendido entre as ruas Silva Pinto e Anhanguera, localizado no bairro de Santa Cecília e Bom Retiro (São Paulo, Brasil), dentro da área onde seria proposto o Parque Linear Brás – Lapa, para o estabelecimento da continuidade do tecido urbano, minimizando a dificuldade de mobilidade e contribuindo para uma paisagem sonora de qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Lambertini

Arquiteta e Urbanista pela Universidade Presbiteriana Mackenzie

Eliseu Genari

Arquiteto e Urbanista, mestrando em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo

Downloads

Publicado

2012-12-20

Como Citar

Lambertini, C., & Genari, E. (2012). Contribuição para paisagem sonora de qualidade no parque linear Brás - Lapa. Revista LABVERDE, (5), 38-50. https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i5p38-50