HafenCity: Mobilidade, acessibilidade e espaços públicos em Hamburgo, Alemanha

Autores

  • Pérola Felipette Brocaneli

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i5p198-228

Palavras-chave:

HafenCity, espaços públicos, áreas inundáveis, reestruturação urbana, acessibilidade e mobilidade

Resumo

A questão dos espaços públicos em áreas inundáveis é um assunto de preocupação internacional, mas que, na cidade de São Paulo, parece relegada a segundo plano, quando se observa que, no desenho da cidade, vias expressas e arteriais se desenvolvem em cotas de inundação. O projeto urbano HafenCity, em fase de implantação, apresenta um desenho interessante de espaços públicos e acessíveis, que considera as cotas de inundação, permitindo percursos em qualquer situação de cheia. Em maio de 2012, foi realizada viagem de estudo a HafenCity, para registro de alguns desses espaços públicos em fase de implantação. A visita in loco e o registro fotográfico desse projeto urbano revelaram detalhes interessantes da paisagem urbana de HafenCity, que se estendem além da preocupação com as cheias recorrentes, priorizando a mobilidade e a acessibilidade aos espaços públicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-20

Como Citar

Brocaneli, P. F. (2012). HafenCity: Mobilidade, acessibilidade e espaços públicos em Hamburgo, Alemanha. Revista LABVERDE, (5), 198-228. https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i5p198-228