Espaços cemiteriais e suas contribuições para a paisagem e meio ambiente urbanos

Autores

  • Aline Silva Santos

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i6p85-105

Palavras-chave:

cemitérios, cremação, morte, impacto ambiental, sustentabilidade

Resumo

Como elemento componente do sistema de espaços livres da cidade, os cemitérios justificam-se como tema de investigação. Nota-se atualmente que, apesar de ocuparem extensas áreas do tecido urbano, acabam não dialogando com este, constituindo espaços sem apropriação e desconexos. A preocupação ambiental também é urgente, pois são locais passíveis de sérias contaminações. Este artigo pretende discutir as principais composições dos espaços cemiteriais brasileiros, possíveis formas de destinação dos corpos e novas tecnologias disponíveis nesta área; mostrando assim que os cemitérios podem ter colaboração significativa na construção de cidades mais sustentáveis e paisagens urbanas positivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Silva Santos

Arquiteta paisagista, graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP, Bauru) e mestranda em Paisagem e Ambiente na pós-graduação da
FAUUSP.

Downloads

Publicado

2013-06-20

Como Citar

Santos, A. S. (2013). Espaços cemiteriais e suas contribuições para a paisagem e meio ambiente urbanos. Revista LABVERDE, (6), 85-105. https://doi.org/10.11606/issn.2179-2275.v0i6p85-105

Edição

Seção

Artigos