MOTETTI, MADRIGALI ET CANZONE FRANCESE DE GIOVANNI BASSANO

CONSIDERAÇÕES SOBRE A OBRA

  • Daniel Figueiredo Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
Palavras-chave: Diminuição, Renascença, Giovanni Bassano

Resumo

Este artigo tem como objetivo contextualizar e comentar o livro Motetti, madrigali et canzone francese de Giovanni Bassano, publicado em Veneza em 1591. A edição original do livro foi perdida durante a Segunda Guerra Mundial e conhece-se apenas uma cópia manuscrita de 1890, feita pelo musicólogo alemão Friedrich Chrysander. A obra é o segundo livro publicado por G. Bassano e um dos maiores livros de diminuições da época, na qual, ele apresenta cerca de cinquenta diminuições sobre uma ou duas vozes de peças a quatro, cinco e seis vozes, a maioria motetos de Giovanni Pierluigi da Palestrina e madrigais de Cipriano de Rore. Giovanni Bassano era cantor, compositor e cornetista, membro de uma famosa família de construtores de instrumentos, compositores e instrumentistas estabelecida em Londres e em Veneza, teve como seu tutor Girolamo Dalla Casa, a quem sucedeu no posto de diretor de música instrumental na Basílica de São Marcos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-10-21
Como Citar
Figueiredo, D. (2018). MOTETTI, MADRIGALI ET CANZONE FRANCESE DE GIOVANNI BASSANO. Revista Música, 18(especial), 179-192. https://doi.org/10.11606/rm.v18iespecial.151090