Ruralidades, o experimento

recuperando o espaço sonoro

Autores

  • Bartira de Sena e Souza Pesquisadora independente

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v20i1.172218

Palavras-chave:

Paisagem sonora, Ruído, Fogos de artifício, Musicologia, Afeto, Cruz das almas

Resumo

O experimento Ruralidades foi uma intervenção sonora que realizei em  Cruz das Almas, Bahia, Brasil, nos dias 21 e 23 de maio de 2014. Neste artigo, analiso a intervenção como uma oportunidade para modificar a paisagem sonora da cidade, dando espaço para novos engajamentos da população com essa paisagem sonora e para refletir sobre como isso afetaria a realidade da cidade. Gravações de campo capturadas na zona rural foram apresentadas, de modo contrastante, no centro urbano comercial instigando a  reflexão sobre as rápidas mudanças que o ambiente sonoro da cidade sofreu em um curto período de tempo. Assim, reviso a história de Cruz das Almas e identifico algumas de suas marcas sonoras que considero relevantes para apontar questões, muitas vezes de caráter opressor, da realidade sonora da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bartira de Sena e Souza, Pesquisadora independente

O trabalho de Bartira orbita em torno da formação da identidade na era digital. Ela investiga maneiras pelas quais produções sonoras podem desafiar a compreensão das ecologias existentes, alimentando-se de implicações contemporâneas, como a onipresença tecnológica, a padronização e a imigração para revisar narrativas produzidas no contexto fortemente mediado pela tecnologia digital.

Referências

ATALLI, Jacques. Noise: The Political Economy of Music. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1985.

BELL, Genevieve et al. Making by Making Strange: De-familiarization and the Design of Domestic Technologies. ACM Transactions on Computer-Human Interaction, v. 12, n. 2, 2005. DOI: 10.1145/1067860.1067862

CARVALHO, Moacir. Brincando com Fogo: Origem e Transformações da Guerra de Espadas em Cruz das Almas. Anais ENECULT – Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura. Retrieved in 20th Nov. 2014. From http://www.cult.ufba.br/enecult2009/19327.pdf

CUSICK, Suzanne G. Musicology, Torture, Repair, 3, Radical Musicology Journal, 2008.

CUSICK, Suzanne G. Music as Torture/ Music as Weapon. Trans-Revista Transcultural de Música-Transcultural Music Review. Retrieved in 13th Nov. 2014.

DE CERTEAU, Michel. Walking in the City. In: During, Simon (ed.) The Cultural Studies Reader. London; New York: Routledge, 1984.

GARRIOCH, David. Sounds of the city: the soundscape of early modern European towns. Urban History, v. 30, p. 5-25, 2003. DOI: 10.1017/S0963926803001019.

ILES, Anthony et al. Noise and Capitalism. San Sebastian, Spain: Arteleku, 2009.

LEFEBVRE, Henry. Writings on Cities. Oxford: Blackwell, 1996.

SCHAFER, R. Murray. The Soundscape: our sonic environment and the tuning of the world. Rochester, Vt.: Destiny Books, [1977] 1994.

SOUZA, Bartira de Sena. Rurals/ Ruralidades. Available in: http://cargocollective.com/tragedie_optimiste/ruralidadesrurals (last accessed in Dec. 2nd, 2014).

THRIFT, N. (2004): Intensities of feeling: Towards a spatial politics of affect. Geogr. Ann., v. 86, n. 1, p. 51-78, 2004.

TONKISS, Fran. Aural Postcards: Sound, Memory and the City. In: Bull, Michael and Back, Les, (eds.) The Auditory Culture Reader. Sensory formations. Oxford: Berg Publishers, p. 303-310, 2003.

Downloads

Publicado

2020-07-09

Como Citar

Souza, B. de S. e. (2020). Ruralidades, o experimento: recuperando o espaço sonoro. Revista Música, 20(1), 453-472. https://doi.org/10.11606/rm.v20i1.172218