Máscaras ao rosto e tampões à boca: implicações na voz para a performance do professor que canta

Autores

  • Márlon Souza Vieira Universidade Estadual Paulista. Instituto de Artes
  • Fabio Miguel Universidade Estadual Paulista. Instituto de Artes

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v21i1.180832

Palavras-chave:

Voz, Performance, Prática docente, Pandemia, Educação Musical

Resumo

Neste trabalho, propõe-se discutir as interferências causadas à voz do professor, nesse momento de pandemia e isolamento social, em que instituições educativas têm buscado soluções para essa nova realidade.  Neste cenário, considera-se que a performance do professor tem sido afetada e que os processos pedagógicos, que tem a voz como elemento comunicativo fundamental, encontram-se prejudicados em seus objetivos. De igual modo, avalia-se ser fundamental conhecer as estruturas e os aspectos formativos da voz: elementos que geram a ação performática do “professor que canta”. Portanto, busca-se refletir como a voz é importante para o educador e, igualmente, ao olhar o prejuízo imposto à capacidade performática nessa atualidade, conscientizar-se a respeito de como deverá se comportar, quando for estabelecido a normalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Miguel, Universidade Estadual Paulista. Instituto de Artes

Cantor, Professor de Canto e Regente Coral. Graduado e Licenciado em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Formado, em nível técnico, em Piano pela Fundação das Artes em São Caetano do Sul, com Ulisses de Castro. Estudou canto com Maria Cecília de Oliveira e repertório com Vânia Pajares. Bacharel em Regência pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho no Instituto de Artes de São Paulo. Mestre em Música pela mesma universidade. Doutor em Música, também, pela UNESP. Lecionou na Universidade Cruzeiro do Sul no bacharelado em Canto de agosto de 2004 a junho de 2009, nas disciplinas: Canto, Fisiologia da Voz e Dicção; Pedagogia Vocal. Lecionou, em 2008-2009, na Fundação das Artes em São Caetano do Sul. Professor no Instituto de Artes da UNESP, nas disciplinas relacionadas à voz e canto coral para o Bacharelado em Instrumento, Composição, Regência e Licenciatura em Educação Musical. Possui experiência na área de Canto e Canto Coral, atua como cantor, preparador vocal e regente coral e, na área de Ecologia Acústica, pesquisa acerca dos significados da voz em diferentes ambientes sonoros. Pesquisa, ainda, acerca da Expressão Vocal em diferentes contextos. Coordenador do GEPPEVOZIA (Grupo de Prática, Pesquisa e Estudo em Voz do Instituto de Artes da UNESP). Falecido em 3 de fevereiro de 2021.

Referências

BEHLAU, M. (org.). Voz: o livro do especialista. 2 ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2005.

BEHLAU, Mara; PONTES, Paulo; MORETI, Felipe. Higiene vocal: cuidando da voz. 5 ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2017.

BORDELOIS, Ivonne. La palavra amenazada. Buenos Aires: Libros del Zorzal, 2003.

CAVARERO, Adriana. Vozes Plurais. Trad. Barbeitas, F. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

DAVINI, Silvia A. Voz e palavra – música e ato. In: MATOS, Cláudia N.; TRAVASSOS, Elizabeth; MEDEIROS, Fernanda T. de (orgs.). Palavra cantada: ensaios sobre poesia, música e voz. Rio de Janeiro: 7Letras, 2008, p. 307-315.

HUCHE, François; ALLALI, André. A voz: Anatomia e Fisiologia dos Órgãos da Voz e da Fala. Porto Alegre: Artmed, 2005.

ISAACS, Alan; MARTIN, Elizabeth. Dicionário de Música. Tradução de Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1985.

MIGUEL, Fabio. Registro vocal: uma abordagem conceitual. Ouvirouver, Uberlândia, v. 8 n. 1-2 p. 26-35, 2012a. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/28088. Acesso em julho de 2021.

MIGUEL, Fabio. Paisagem sonora: um estudo da voz humana como símbolo sonoro. Tese de doutorado defendida no programa de pós-graduação em Música do Instituto de Artes da UNESP. Orientadora: Profa. Dra. Marisa T. Fonterrada. São Paulo, 2012b.

MINTO, Lalo Watanabe. Pandemia e Universidade Pública: Educação, ensino e condições de trabalho. Live promovida pela ADUNESP (Associação dos Docentes da UNESP) em 05/06/2020. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=7CKjN2vp5EY&feature=youtu.be.

MOSCOVICI, Serge. Representações Sociais: investigações em psicologia social. Tradução de Pedrinho A. Quareschi. 5 ed. Vozes, Petrópolis, Rio de Janeiro, 2007.

PAULA, Joaquim de. Jogos Musicais: Recreação, Socialização, Musicalização. 1 ed. Petrópolis (RJ): J. de Paula, 2009.

PEREIRA, Marcia Maracajá P. Ensino de Literatura em cena: a performance literária da poesia na sala de aula. Revista Leitura, v. 2, n. 54, Jul/Dez 2014, p. 81-96. Disponível em: file:///C:/Users/Maestro%20Marlon/Downloads/2214-8374-2-PB.pdf. Acesso em: 15 Jul 2020.

PINHO, Silvia M. Rebelo. Manual de higiene vocal para profissionais da voz. 3 ed. Carapicuíba, São Paulo: Pró-fono, 2002.

PINHO, Sílvia M. Rebelo; PONTES, Paulo. Músculos intrínsecos das laringe e dinâmica vocal. Rio de Janeiro: Revinter, 2008.

RODRIGUES, Adriana; CONDE, Cecília; NOGUEIRA, Marcos. Sons & Expressões: a música na educação básica. Rio de Janeiro: Rovello, 2013.

SCHAFER, Murray R. A afinação do mundo. Tradução de Maria T. de O. Fonterrada. 2. ed. São Paulo: Ed. UNESP, 2011.

SCHAFER, Murray R. O Ouvido Pensante. Tradução de Maria T. de O. Fonterrada. 2. ed. São Paulo: Ed. UNESP, 2012.

SPECHT, Ana Cláudia; BUNDCHEN, Denise Sant’Anna. A atividade de apreciação na construção do cantar. In: BEYER, E.; KEBACH, P. (Org.). Pedagogia da Música: experiências de apreciação musical. 2. ed. Porto Alegre: Mediação, 2012.

SUNDEBERG, Johan. The silence of the singing voice. Illinois: Northern Illinois University Press: 1987.

VILAS, Paula C. Vozes entre festas: a performance vocal, da etnografia à cena. In: MATOS, Cláudia Neiva; TRAVASSOS, Elizabeth; MEDEIROS, Fernanda T. de (org.). Palavra cantada: ensaios sobre poesia, música e voz. Rio de Janeiro: 7Letras, 2008, p. 15- 40.

ZAGONEL, Bernadete. Brincando com música na sala de aula: jogos de criação musical usando a voz, o corpo e o movimento. Curitiba: Ibpex, 2011.

ZUMTHOR, Paul. Performance, recepção, leitura. Tradução de Jerusa P. Ferreira e Suely Fenerich. 2 ed. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

ZUMTHOR, Paul. Performance, recepção, leitura. Tradução de Jerusa P. Ferreira e Suely Fenerich. São Paulo: EDUC, 2000.

Downloads

Publicado

2021-07-27

Como Citar

Vieira, M. S., & Miguel, F. (2021). Máscaras ao rosto e tampões à boca: implicações na voz para a performance do professor que canta. Revista Música, 21(1), 1-16. https://doi.org/10.11606/rm.v21i1.180832