Capítulo XVIII do Segundo Livro do “Tratado de Harmonia reduzida aos seus princípios naturais”

Autores

  • Kleber Mazziero Centro Universitário Belas Artes
  • Jean-Philippe Rameau Sem Registro de Afiliação

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v23i1.212255

Palavras-chave:

Música para Coros, Jean - Philippe Rameau, Tratado da Harmonia Reduzida aos Seus Princípios Naturais, Tradução, 1722

Resumo

O “Tratado da Harmonia Reduzida aos Seus Princípios Naturais” (Traité de l’Harmonie Reduite à Ses Principes Naturels), de Jean-Philippe Rameau, publicado no ano de 1722, é fundamentado na Escrita a Quatro Vozes. Tanto assim, que o autor denomina “Voz” (Partie) a cada melodia que, somada a outras “Vozes” compõem um Acorde, uma Cadência, um complexo Harmônico. Apesar de o termo ou um derivado do termo “Voz” aparecerem 141 vezes somente no Livro Segundo do Tratado – o Livro no qual Rameau consubstancia sua argumentação sobre Harmonia –, a expressão “Músicas para Coros” (Choeurs de Musique), que se refere à Música Coral, aparece uma única vez ao longo de todo o Tratado. Traduz-se aqui, na íntegra, o Capítulo em que a expressão aparece: o Capítulo XVIII, do Livro Segundo do Tratado de Harmonia, de Rameau.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

RAMEAU, Jean-Philippe. Traité de l’Harmonie Reduite à Ses Principes Naturels. Rungis Cedex; France: MAXTOR, 2017. Reimpressão do texto original publicado por Jean-Baptiste Christophe Bailard, 1722.

Downloads

Publicado

2023-09-01

Como Citar

Mazziero, K. ., & Rameau, J.-P. (2023). Capítulo XVIII do Segundo Livro do “Tratado de Harmonia reduzida aos seus princípios naturais” . Revista Música, 23(1), 631-645. https://doi.org/10.11606/rm.v23i1.212255