Moedas romanas além das fronteiras, o caso do Norte da Europa

  • Tomás Partiti Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia. Laboratório de Roma Provincial
Palavras-chave: Numismática, Fronteiras, Moedas, Denário, Solidus

Resumo

As moedas romanas em contextos do norte da Europa se destacam por serem o conjunto de objetos romanos de maior ocorrência no além-fronteira. São produto de relações políticas específicas, que estão ligadas aos contextos históricos das fronteiras no início da antiguidade tardia e além. Em todo o escopo temporal em que elas estão em circulação, dos séculos III d.C. ao V d.C., teremos as seguintes denominações: denários, sestércios, aureus e solidus, cada uma representando períodos diversos da história do Império Romano na antiguidade tardia. Essas denominações são vistas em uma vasta extensão territorial na qual se encontram os seguintes países apresentados neste texto: Alemanha, Polônia, Suécia e Dinamarca. O artigo busca apresentar as visões da literatura contemporânea para as interpretações e contextos que servem de base para a circulação das moedas romanas para além fronteira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Bursche, A. 2006. Relations between the Late Roman World and Barbariam Europe in the light of the coin finds. Bulletin du Cercle d'Études Numismatiques, volume 43: 221-227.

Bursche, A. 2002. Circulation of Roman Coinage in Northern Europe in Late Antiquity, Histoire & Mesure, volume 17, França.

Cies´lin´ski. A. 2016. The society of Wielbark culture, AD 1-300, In: Rzeszotarska-Nowakiewicz, A. (Ed.) Past Societies. Institute of Archaeology and Ethnology, Polish Academy of Sciences, vol 4:217-255, Varsóvia.

Grane, Thomas. 2007. The Roman Empire and Southern Scandinavia - A Northern Connection! Tese de doutorado, University of Copenhagen, Copenhague.

Hedeager, L. 1992. Iron-age Societies From Tribe to State in Northern Europe 5 BC to AD 700. Blackwell Publishers, Londres.

Horsnaes, H. W. 2010. Roman Coins From Bornholm- A preliminary Overview. In: Hansen, U. L.; & Wróblewska, A. B. (Eds.) Worlds apart? contacts across the Baltic Sea in the Iron Age; network Denmark - Poland, 2005 – 2008. Copenhagen University Press, volume7: 433-447, Copenhagen.

Kontny, B. 2016. Przeworsk culture society and its long-distance contacts, AD 1-350, In: Rzeszotarska-Nowakiewicz, A. (Ed.) Past Societies. Institute of Archaeology and Ethnology, Polish Academy of Sciences, vol 4: 163-216, Varsóvia.

Lind, L. 2013. Roman Denarii Hoards and Stray Finds in Sweden, volume 1. Stockholm University, Estocolmo.

Wells. P. S. 1998. The Barbarians Speak How the Conquered peoples shaped Roman Europe. Princeton University Press, Princeton, N. J.

Whittaker, C. R. 1997. Frontiers of the Roman Empire, A social and Economic Study. The Johns Hopkins University Press, EUA.

Zapolska, A. 2014. The Coins from the Goldsmith of Frombork Reconsidered. Notae Numismaticae, volume 9: 95-115.

Publicado
2019-11-21
Como Citar
Partiti, T. (2019). Moedas romanas além das fronteiras, o caso do Norte da Europa. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (32), 151-158. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2019.164256