Tratamento dos Mortos entre os Sambaquieiros, Tupinambá e Goitacá que ocuparam a Região dos Lagos, Estado do Rio de Janeiro

Autores

  • Maria Dulce Gaspar Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional
  • Angela Buarque Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional
  • Jeanne Cordeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia
  • Eliana Escórcio Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2007.89772

Palavras-chave:

Ritual funerário, Sambaquieiros, Tupinambá e Goitacá

Resumo

O artigo tem como objetivo estabelecer uma dimensão comparativa entre diferentes grupos culturais que ocuparam a Região dos Lagos, litoral sudeste do Brasil, focando o estudo do ritual funerário, aqui entendido como um aspecto central da vida social. Apresentamos o processo de colonização da região, considerando-a como uma área piloto que guarda importantes informações sobre a ocupação da porção leste da América do Sul. Dessa forma, o estudo aborda colonização, interação social e controle de território relacionado aos grupos Sambaquieiro, Tupi e Macro-Jê e procura correlacionar informações provenientes da arqueologia, antropologia, história, bem como relatos dos cronistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Dulce Gaspar, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional

Pesquisadora do CNPq. Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ.

Angela Buarque, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional

Pesquisadora Associada. Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ.

Eliana Escórcio, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional

Mestranda em Arqueologia. Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ.

Downloads

Publicado

2007-12-03

Como Citar

Gaspar, M. D., Buarque, A., Cordeiro, J., & Escórcio, E. (2007). Tratamento dos Mortos entre os Sambaquieiros, Tupinambá e Goitacá que ocuparam a Região dos Lagos, Estado do Rio de Janeiro. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (17), 169-189. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2007.89772

Edição

Seção

Artigos