Processos de formação do sambaqui Jabuticabeira-II: interpretações através da análise estratigráfica de vestígios vegetais carbonizados

Autores

  • Gina Faraco Bianchini Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia
  • MaDu Gaspar Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia
  • Paulo DeBlasis
  • Rita Scheel-Ybert Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89961

Palavras-chave:

Ritual funerário, Carvões, Antracologia, Sambaqui

Resumo

Este trabalho apresenta a análise antracológica de uma área funerária do sítio Jabuticabeira-II, a qual é comparada aos resultados da análise da camada de cobertura do mesmo perfil realizada por Scheel-Ybert (2001). Todo o sedimento foi coletado de acordo com as feições arqueológicas. A identificação dos fragmentos foi feita em microscópio de luz refletida a partir da estrutura anatômica da madeira. Foram evidenciadas diferenças significativas entre a camada de cobertura e a área funerária e apresentados dados que sugerem a ocorrência de seleção de alguns elementos relacionados ao ritual funerário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gina Faraco Bianchini, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia

E

Downloads

Publicado

2011-12-09

Como Citar

Bianchini, G. F., Gaspar, M., DeBlasis, P., & Scheel-Ybert, R. (2011). Processos de formação do sambaqui Jabuticabeira-II: interpretações através da análise estratigráfica de vestígios vegetais carbonizados. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (21), 51-69. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89961

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2