[1]
A. G. de M. Araújo e M. R. R. de Carvalho, “A louça inglesa do século XIX: considerações sobre a terminologia e metodologia utilizadas no sítio Flôrencio de Abreu.”, Rev. Mus. Arqueol. Etnol., nº 3, p. 81-95, dez. 1993.