[1]
M. M. M. Okumura, C. H. C. Boyadjian, e S. Eggers, “Análise da exostose do meato auditivo externo como um marcador de atividade aquática em restos esqueletais humanos da costa e do interior do Brasil”, Rev. Mus. Arqueol. Etnol., nº 15-16, p. 181-197, dez. 2006.