[1]
M. S. B. Guimarães, “O conceito de longue durée e a percepção de mudança cultural em sociedades igualitárias: o caso da sociedade sambaquiana”, Rev. Mus. Arqueol. Etnol., nº 15-16, p. 445-448, dez. 2006.