[1]
C. E. V. Aldrovandi, “A morfogênese espacial da antiga Báctria: interações e paradigmas em uma paisagem fractal”, Rev. Mus. Arqueol. Etnol., nº 20, p. 163-196, dez. 2010.